Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Padrasto do garoto desaparecido deve ser solto nesta terça-feira

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivo pessoal
O padrasto, o garoto desaparecido e a mãe

Segunda, 28/3/2016 10:41.

O frentista Alois Gebauer, padrasto do garoto Ícaro Alexandre Pereira, que está preso temporariamente desde o último dia 28 deve ser solto nesta terça-feira. A autoridade policial poderia pedir a prorrogação da prisão, mas não há motivo porque a perícia não tem provas concretas contra ele.

O delegado Rodolfo Farah Valente Filho foi procurado e diz não haver novidades no caso, já que o resultado da perícia realizada no apartamento onde o garoto vivia com a mãe, Ariane, e com o padrasto Alois ainda não saiu.

Na semana passada uma busca comandada pela delegada Ruth Henn, da Delegacia da Mulher, foi feita em uma mata ao lado do Zoológico Cyro Gevaerd, mas nada foi encontrado.

O advogado de Alois, que é seu irmão, Frederico Goedert Gebauer, conta que a expectativa é que ele seja solto, já que a prisão temporária acaba. “Hoje (28) completa 30 dias da prisão dele, à meia-noite. Como ninguém é solto nesse horário, espera-se que ele saia amanhã (29) de manhã. Ele não está sendo liberado e sim encerraram os 30 dias de sua prisão temporária”, explicou ontem à reportagem.

Ao que tudo indica o delegado Farah não irá pedir prorrogação. “Conversei com ele na quarta-feira (23) e ele disse que não havia motivo para manter o Alois preso”, comentou Frederico está acompanhando as investigações de perto e afirma que se o resultado da perícia está demorando não há provas contra seu cliente.

“Eu fiquei sabendo que há muito serviço no Instituto Geral de Perícias e pouco efetivo, então por isso o resultado ainda não foi liberado”, comenta.

A respeito da operação ocorrida na semana passada, que contou com o apoio de um cão farejador especializado em encontrar corpos, Frederico diz apoiar. “Acho perfeito. Todos queremos achar o Ícaro, esse é o nosso objetivo. A polícia tem que usar todos os meios que dispõe. Enquanto não tiverem provas conclusivas de que o Ícaro está morto e que o Alois é culpado eu não conseguirei mentalizar que ele de fato foi assassinado. Já está completando dois meses, acho muito mais lógico ele ter sido sequestrado”, afirma.

A família estava anunciando recompensa para quem encontrasse o garoto, inclusive bastava fazer contato e deixar Ícaro em algum lugar, sem precisar de identificação, porém não houve sucesso. “A Ariane está com o humor bem alterado, ela acredita que vai encontrar o filho, mas também tem momentos em que acha que isso pode não acontecer. Já o Alois está bem depressivo, continua dizendo que é inocente. A situação está complicada”, salientou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade