Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seis catarinenses na lista de supostas doações da Odebrecht

Quinta, 24/3/2016 8:03.

Seis políticos de Santa Catarina, incluindo o governador Raimundo Colombo, constam das listas de supostos beneficiados com doações apreendidas pela Policia Federal com o vice-presidente da Odebrecht Benedicto Barbosa Jr.

Não se sabe se essas listas são verdadeiras e se as doações são legais ou ilegais.

Além do governador Raimundo Colombo aparecem Cesar Souza Jr. (prefeito de Florianópolis); Antonio Ceron (ex-deputado estadual); Carlito Mers (ex-prefeito de Joinville); Jaison Cardoso (prefeito de Imbituba) e Roberto Carlos de Sousa (prefeito de Navegantes).

Os prefeitos de Navegantes e de Imbituba carregam duas coincidências; governam cidades portuárias e aparecem na mesma planilha e mesma página das dezenas apreendidas.

O governador Raimundo Colombo disse em Nota Oficial que a Odebrecht não tem obras em Santa Catarina, não há motivo para doações.

Em segredo de justiça

O juiz Sérgio Moro decidiu ontem (23) colocar em segredo de Justiça a suposta lista de pagamentos e declarou que é “prematura a conclusão quanto à natureza desses pagamentos. Não se trata de apreensão no Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht e o referido Grupo Odebrecht realizou, notoriamente, diversas doações eleitorais registradas nos últimos anos", argumenta o juiz.

O Setor de Operações Estruturadas é o nome que diretores da Odebrecht deram à área de empresa que processava o pagamento de propinas.

Segredo veio tarde
O sigilo de justiça veio tardiamente, as listas foram publicadas pelo jornalista Fernando Rodrigues e podem ser lidas aqui
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Seis catarinenses na lista de supostas doações da Odebrecht

Quinta, 24/3/2016 8:03.

Seis políticos de Santa Catarina, incluindo o governador Raimundo Colombo, constam das listas de supostos beneficiados com doações apreendidas pela Policia Federal com o vice-presidente da Odebrecht Benedicto Barbosa Jr.

Não se sabe se essas listas são verdadeiras e se as doações são legais ou ilegais.

Além do governador Raimundo Colombo aparecem Cesar Souza Jr. (prefeito de Florianópolis); Antonio Ceron (ex-deputado estadual); Carlito Mers (ex-prefeito de Joinville); Jaison Cardoso (prefeito de Imbituba) e Roberto Carlos de Sousa (prefeito de Navegantes).

Os prefeitos de Navegantes e de Imbituba carregam duas coincidências; governam cidades portuárias e aparecem na mesma planilha e mesma página das dezenas apreendidas.

O governador Raimundo Colombo disse em Nota Oficial que a Odebrecht não tem obras em Santa Catarina, não há motivo para doações.

Em segredo de justiça

O juiz Sérgio Moro decidiu ontem (23) colocar em segredo de Justiça a suposta lista de pagamentos e declarou que é “prematura a conclusão quanto à natureza desses pagamentos. Não se trata de apreensão no Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht e o referido Grupo Odebrecht realizou, notoriamente, diversas doações eleitorais registradas nos últimos anos", argumenta o juiz.

O Setor de Operações Estruturadas é o nome que diretores da Odebrecht deram à área de empresa que processava o pagamento de propinas.

Segredo veio tarde
O sigilo de justiça veio tardiamente, as listas foram publicadas pelo jornalista Fernando Rodrigues e podem ser lidas aqui
 

Publicidade

Publicidade