Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem é assassinado e criança baleada em Camboriú

Terça, 22/3/2016 17:16.

Bruno de Souza da Rosa, de apenas 20 anos, foi executado na tarde desta terça-feira (22), na Rua Monte Cruzeiro, no Monte Alegre, em Camboriú.

De acordo com informações da polícia, pouco depois das 14h, ele foi encontrado em via pública já sem vida, alvo de diversos disparos de pistola.

Conforme informações preliminares, uma criança de apenas dois anos foi atingida no pé por estilhaços e teve que ser encaminhada ao Hospital Pequeno Anjo para retirada de parte do projétil. Ainda não se sabe se o menino tem parentesco com o jovem assassinado.

Os moradores alegaram que não viram quem foi o atirador.

Conforme a Polícia Militar, Bruno foi alvo de uma tentativa de homicídio há pouco mais de um ano e era investigado como suspeito de outro assassinato.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

 Prefeitura começará a internar usuários de drogas


Mundo

Um dos principais destinos turísticos do mundo sofre com algas desde 2015


Geral

O cantor Armandinho organiza o festival, que tem entrada gratuita


Política

Derrota do governo é resposta de Maia à queda de Bebianno


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem é assassinado e criança baleada em Camboriú

Terça, 22/3/2016 17:16.

Bruno de Souza da Rosa, de apenas 20 anos, foi executado na tarde desta terça-feira (22), na Rua Monte Cruzeiro, no Monte Alegre, em Camboriú.

De acordo com informações da polícia, pouco depois das 14h, ele foi encontrado em via pública já sem vida, alvo de diversos disparos de pistola.

Conforme informações preliminares, uma criança de apenas dois anos foi atingida no pé por estilhaços e teve que ser encaminhada ao Hospital Pequeno Anjo para retirada de parte do projétil. Ainda não se sabe se o menino tem parentesco com o jovem assassinado.

Os moradores alegaram que não viram quem foi o atirador.

Conforme a Polícia Militar, Bruno foi alvo de uma tentativa de homicídio há pouco mais de um ano e era investigado como suspeito de outro assassinato.

Publicidade

Publicidade