Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Agrediu a mãe e foi parar na Canhanduba
Imagem meramente ilustrativa

Terça, 15/3/2016 9:43.

Um homem de 27 anos foi preso na madrugada de segunda-feira (14), na Rua 1.020, no Centro de Balneário Camboriú, após agredir fisicamente a sua mãe.

Guardas municipais foram até o local por volta das 2h, onde a vítima, de 59 anos, informou que seu filho a espancou. Ela relatou também que já havia apanhado dele outras vezes.

A mulher mostrou aos guardas hematomas em sua perna esquerda decorrentes das agressões anteriores.

O agressor foi encaminhado para a delegacia e responde por violência doméstica (Lei Maria da Penha).

Foi arbitrada fiança de dois salários mínimos (R$ 1.720) para que ele fosse liberado. Ele não pagou e por isso está preso no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Variedades

Parece coisa feita para promover o ex-prefeito, mesmo que prejudicando a imagem da cidade  


Variedades


Cidade

Ela participa há 8 anos da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú 


Seu Dinheiro

Reforma de Bolsonaro é mais dura que a proposta por Michel Temer 


Publicidade


Publicidade


Policia


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Conselho Comunitário de Segurança Náutica e Cidadania de Balneário Camboriú


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Agrediu a mãe e foi parar na Canhanduba

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa
Terça, 15/3/2016 9:43.

Um homem de 27 anos foi preso na madrugada de segunda-feira (14), na Rua 1.020, no Centro de Balneário Camboriú, após agredir fisicamente a sua mãe.

Guardas municipais foram até o local por volta das 2h, onde a vítima, de 59 anos, informou que seu filho a espancou. Ela relatou também que já havia apanhado dele outras vezes.

A mulher mostrou aos guardas hematomas em sua perna esquerda decorrentes das agressões anteriores.

O agressor foi encaminhado para a delegacia e responde por violência doméstica (Lei Maria da Penha).

Foi arbitrada fiança de dois salários mínimos (R$ 1.720) para que ele fosse liberado. Ele não pagou e por isso está preso no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.

Publicidade

Publicidade