Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Balneário registra o primeiro homicídio oficial do ano

Segunda, 30/5/2016 9:46.

Ainda não se sabe quem matou Clizioslei Carvalho Violante, 43 anos, que foi assassinado a tiros na tarde de quarta-feira (25), na Rua Everton Cordeiro, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú. Esse foi o primeiro homicídio oficial ocorrido em Balneário Camboriú neste ano.

A Guarda Municipal encontrou Clizioslei caído no meio da rua, já sem vida. Ele foi baleado seis vezes.

Clizioslei residia no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. A Polícia Civil investiga o crime, mas até o momento não encontrou nenhum suspeito.

O primeiro

O homem foi a primeira vítima de homicídio em Balneário, em 2016. Houve encontros de cadáveres possivelmente vítimas desse mesmo crime, mas que não entram na lista de assassinatos.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Exemplo de desrespeito com o dinheiro público espera por climatização, elevadores e divisórias.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Geral

Areia do fundo do mar não é esgoto 


Cidade

 Governo do município não tem foco claro sobre o problema


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário registra o primeiro homicídio oficial do ano

Publicidade

Segunda, 30/5/2016 9:46.

Ainda não se sabe quem matou Clizioslei Carvalho Violante, 43 anos, que foi assassinado a tiros na tarde de quarta-feira (25), na Rua Everton Cordeiro, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú. Esse foi o primeiro homicídio oficial ocorrido em Balneário Camboriú neste ano.

A Guarda Municipal encontrou Clizioslei caído no meio da rua, já sem vida. Ele foi baleado seis vezes.

Clizioslei residia no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. A Polícia Civil investiga o crime, mas até o momento não encontrou nenhum suspeito.

O primeiro

O homem foi a primeira vítima de homicídio em Balneário, em 2016. Houve encontros de cadáveres possivelmente vítimas desse mesmo crime, mas que não entram na lista de assassinatos.

Publicidade

Publicidade