Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Mulher e amante simulam sequestro para extorquir o marido enganado

Quarta, 11/5/2016 8:10.

A DIC de Balneário Camboriú prendeu nesta madrugada em Balneário Piçarras uma mulher e seu amante que simularam sequestro para extorquir o marido enganado.

O relatório da DIC foi esse:

Na manhã desta terça-feira (10), um homem registrou um boletim de ocorrência na DP de Balneário Camboriú, onde relatou que sua esposa V. de L. S. W. (|29 anos) havia sido sequestrada. O denunciante relatou que familiares da vítima estavam recebendo inúmeras mensagens de um homem desconhecido pelo aplicativo WhatsApp da própria vítima, onde esse relatava que havia sequestrado V. e exigia sob extorsão a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para soltá-la. Diversos áudios com ameaças de morte foram enviados por parte do sequestrador, além de imagens do cativeiro onde V. aparecia com sinais de agressões físicas.

A DIC BC iniciou as investigações e em menos de 24h localizou o veículo da vítima abandonado em um posto de gasolina às margens da BR-101 em Bal. Piçarras. Campanas de monitoramento foram montadas até que os agentes encontraram V. e o sequestrador próximo ao veículo. Com a abordagem foi apurado que o sequestrador se tratava de S. C. (23 anos) e que este em conjunto com a feminina V. teriam simulado o falso sequestro para obter dinheiro de familiares da falsa vítima que seria usuária de drogas.

Os policiais ainda apuraram que V. havia sido agredida em um “bailão” e por isso estava machucada. Na abordagem os policiais também constataram que o falso sequestrador estava de muletas pois recentemente havia quebrado a perna em um acidente doméstico.

Foi apurado ainda que o suposto cativeiro era na verdade uma pousada em Bal. Piçarras, local onde foram realizadas as falsas fotos. Segundo informações de testemunhas a dupla se hospedou como um casal de namorados.

Nenhum valor chegou a ser depositado pelos familiares. Também não foram apreendidos armas ou objetos que indicassem um sequestro real.
Foi possível verificar ainda que a dupla estava com sinais de embriaguês e uso de drogas.

V. e S. foram conduzidos a sede da DIC BC e serão autuados em flagrante pelo crime de extorsão.

Em depoimento informal, V. afirmou que realmente foi sequestrada por S., que também alegou o sequestro de V.

Eles ainda serão ouvidos durante interrogatório na manhã desta quarta-feira, (11), e posteriormente serão encaminhados ao Sistema Prisional.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Mulher e amante simulam sequestro para extorquir o marido enganado

Quarta, 11/5/2016 8:10.

A DIC de Balneário Camboriú prendeu nesta madrugada em Balneário Piçarras uma mulher e seu amante que simularam sequestro para extorquir o marido enganado.

O relatório da DIC foi esse:

Na manhã desta terça-feira (10), um homem registrou um boletim de ocorrência na DP de Balneário Camboriú, onde relatou que sua esposa V. de L. S. W. (|29 anos) havia sido sequestrada. O denunciante relatou que familiares da vítima estavam recebendo inúmeras mensagens de um homem desconhecido pelo aplicativo WhatsApp da própria vítima, onde esse relatava que havia sequestrado V. e exigia sob extorsão a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para soltá-la. Diversos áudios com ameaças de morte foram enviados por parte do sequestrador, além de imagens do cativeiro onde V. aparecia com sinais de agressões físicas.

A DIC BC iniciou as investigações e em menos de 24h localizou o veículo da vítima abandonado em um posto de gasolina às margens da BR-101 em Bal. Piçarras. Campanas de monitoramento foram montadas até que os agentes encontraram V. e o sequestrador próximo ao veículo. Com a abordagem foi apurado que o sequestrador se tratava de S. C. (23 anos) e que este em conjunto com a feminina V. teriam simulado o falso sequestro para obter dinheiro de familiares da falsa vítima que seria usuária de drogas.

Os policiais ainda apuraram que V. havia sido agredida em um “bailão” e por isso estava machucada. Na abordagem os policiais também constataram que o falso sequestrador estava de muletas pois recentemente havia quebrado a perna em um acidente doméstico.

Foi apurado ainda que o suposto cativeiro era na verdade uma pousada em Bal. Piçarras, local onde foram realizadas as falsas fotos. Segundo informações de testemunhas a dupla se hospedou como um casal de namorados.

Nenhum valor chegou a ser depositado pelos familiares. Também não foram apreendidos armas ou objetos que indicassem um sequestro real.
Foi possível verificar ainda que a dupla estava com sinais de embriaguês e uso de drogas.

V. e S. foram conduzidos a sede da DIC BC e serão autuados em flagrante pelo crime de extorsão.

Em depoimento informal, V. afirmou que realmente foi sequestrada por S., que também alegou o sequestro de V.

Eles ainda serão ouvidos durante interrogatório na manhã desta quarta-feira, (11), e posteriormente serão encaminhados ao Sistema Prisional.

Publicidade

Publicidade