Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Circo: Palhaço Maranhão anula anulação do processo do impeachment

Terça, 10/5/2016 7:36.

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) revogou, na madrugada de hoje (10) decisão tomada ontem (9) de manhã, de anular as sessões plenárias da Câmara em que foi aprovada a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

"Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade nº 1/2015", diz o texto do ofício assinado por Maranhão.

Em outro ofício, Waldir Maranhão comunicou a decisão ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação logo depois da meia-noite.

Nessa segunda-feira, Renan decidiu ignorar a decisão do presidente em exercício da Câmara e determinou que o relator do processo na Comissão Especial do Impeachment do Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), fizesse a leitura do parecer, favorável à admissibilidade do processo no plenário da Casa. Com isso, começou a contar o prazo de 48 horas para que os senadores votem a admissibilidade e o afastamento da presidente por 180 dias, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (11). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade


Saúde

 Cidade é área de atenção e apenas 2.500 tomaram a vacina até agora. Doença pode matar.


Saúde

Lei já obriga SAMU e Bombeiros conduzirem pacientes a hospitais particulares.


Educação

Sistema que fechou dezembro com 276 crianças hoje está com mil.


Publicidade


Geral

O Infiltrado - Um Repórter Dentro da Polícia que Mais Mata e Mais Morre no Brasil


Policia

"A organização criminosa se apoderou do Ministério do Trabalho, ocupando os principais cargos da pasta"


Policia


Cidade

Aulas em Camboriú e no Nova Esperança estão suspensas


Publicidade


Economia


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Conselho Comunitário de Segurança Náutica e Cidadania de Balneário Camboriú


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Circo: Palhaço Maranhão anula anulação do processo do impeachment

Terça, 10/5/2016 7:36.

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) revogou, na madrugada de hoje (10) decisão tomada ontem (9) de manhã, de anular as sessões plenárias da Câmara em que foi aprovada a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

"Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade nº 1/2015", diz o texto do ofício assinado por Maranhão.

Em outro ofício, Waldir Maranhão comunicou a decisão ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação logo depois da meia-noite.

Nessa segunda-feira, Renan decidiu ignorar a decisão do presidente em exercício da Câmara e determinou que o relator do processo na Comissão Especial do Impeachment do Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), fizesse a leitura do parecer, favorável à admissibilidade do processo no plenário da Casa. Com isso, começou a contar o prazo de 48 horas para que os senadores votem a admissibilidade e o afastamento da presidente por 180 dias, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (11). 

Publicidade

Publicidade