Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Jovem de Balneário é executado em balada de Tijucas

Segunda, 6/6/2016 9:04.

Um jovem de 22 anos, morador de Balneário Camboriú, foi assassinado a tiros na madrugada de domingo (5), na casa noturna Village Music, em Tijucas.

Segundo informações da Polícia Militar de Tijucas, o crime aconteceu por volta das 3h10. Marcos Borges da Cruz, conhecido como Tuba, estava saindo da balada com um amigo, quando os dois foram abordados no estacionamento por um terceiro homem.

Esse sujeito teria perguntado a eles quem era Marcos. Quando a vítima se apresentou, foi baleada seis vezes.

Marcos foi socorrido pelo amigo e encaminhado ao hospital. Devido à gravidade dos ferimentos, ele seria transferido para Florianópolis, mas não resistiu e acabou falecendo antes de chegar.

A PM informou que o atirador fugiu em um GM/Ônix, mas que até o momento nenhum suspeito foi localizado. A suspeita é de que o crime tenha sido um acerto de contas e que o assassino estava cumprindo ordens de outra pessoa, já que nem sabia quem era Marcos.

Marcos possuía uma passagem pela polícia por porte de cocaína.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Jovem de Balneário é executado em balada de Tijucas

Segunda, 6/6/2016 9:04.

Um jovem de 22 anos, morador de Balneário Camboriú, foi assassinado a tiros na madrugada de domingo (5), na casa noturna Village Music, em Tijucas.

Segundo informações da Polícia Militar de Tijucas, o crime aconteceu por volta das 3h10. Marcos Borges da Cruz, conhecido como Tuba, estava saindo da balada com um amigo, quando os dois foram abordados no estacionamento por um terceiro homem.

Esse sujeito teria perguntado a eles quem era Marcos. Quando a vítima se apresentou, foi baleada seis vezes.

Marcos foi socorrido pelo amigo e encaminhado ao hospital. Devido à gravidade dos ferimentos, ele seria transferido para Florianópolis, mas não resistiu e acabou falecendo antes de chegar.

A PM informou que o atirador fugiu em um GM/Ônix, mas que até o momento nenhum suspeito foi localizado. A suspeita é de que o crime tenha sido um acerto de contas e que o assassino estava cumprindo ordens de outra pessoa, já que nem sabia quem era Marcos.

Marcos possuía uma passagem pela polícia por porte de cocaína.

Publicidade

Publicidade