Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem baleado e morto no Nova Esperança

Quarta, 29/6/2016 9:18.

Um homem de 26 anos foi baleado na tarde de terça-feira (28), na Rua Juvêncio Delfino da Silva, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú. Ele faleceu algum tempo depois, no Hospital Municipal Ruth Cardoso.

A Polícia Militar foi até o local às 16h e encontrou a vítima, Adilson Batista, que havia sido atingido por quatro tiros. Ele foi conduzido ainda com vida ao hospital, mas não resistiu e acabou falecendo.

A PM informou ainda que Adilson era usuário de drogas. Até o momento ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o caso. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade


Saúde

 Cidade é área de atenção e apenas 2.500 tomaram a vacina até agora. Doença pode matar.


Saúde

Lei já obriga SAMU e Bombeiros conduzirem pacientes a hospitais particulares.


Educação

Sistema que fechou dezembro com 276 crianças hoje está com mil.


Publicidade


Geral

O Infiltrado - Um Repórter Dentro da Polícia que Mais Mata e Mais Morre no Brasil


Policia

"A organização criminosa se apoderou do Ministério do Trabalho, ocupando os principais cargos da pasta"


Policia


Cidade

Aulas em Camboriú e no Nova Esperança estão suspensas


Publicidade


Economia


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Conselho Comunitário de Segurança Náutica e Cidadania de Balneário Camboriú


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem baleado e morto no Nova Esperança

Quarta, 29/6/2016 9:18.

Um homem de 26 anos foi baleado na tarde de terça-feira (28), na Rua Juvêncio Delfino da Silva, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú. Ele faleceu algum tempo depois, no Hospital Municipal Ruth Cardoso.

A Polícia Militar foi até o local às 16h e encontrou a vítima, Adilson Batista, que havia sido atingido por quatro tiros. Ele foi conduzido ainda com vida ao hospital, mas não resistiu e acabou falecendo.

A PM informou ainda que Adilson era usuário de drogas. Até o momento ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o caso. 

Publicidade

Publicidade