Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem que matou professor em BC é condenado a cinco anos de prisão

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Reprodução
O professor Diego foi morto após espancamento no ano passado

Segunda, 20/6/2016 11:22.

Um dos assassinos do professor universitário e palestrante Diego do Carmo Berro, que foi morto em 31 de março do último ano, após se desentender com os bandidos em um posto de combustíveis do Centro da cidade, foi condenado a apenas cinco anos de prisão em regime aberto. 

Os envolvidos no crime que vitimaram Diego foram Lucas Costa, 22 anos, e Deived Juliano de Goss, 24 anos. O segundo já havia sido condenado a 14 anos de prisão e cumpre pena no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.

Agora foi a vez de Lucas, que foi condenado a cinco anos de prisão em regime aberto. Ele alegou que as agressões aconteceram porque Diego chegou sem motivação alguma no carro onde ele e Deived estavam e o socou duas vezes, por isso eles revidaram. O Júri também entendeu que Lucas não agiu de modo que impossibilitasse a defesa de Diego.

Por esses dois motivos, ele teve a pena reduzida. Ele estava preso até o julgamento, ocorrido no último dia 08, e agora irá cumprir o resto da pena em regime aberto.

O Ministério Público considerou a pena leve e recorreu da decisão.

Relembre o caso

Diego morava em Balneário há um ano para ficar mais perto do filho, de 11 anos, que mora com a mãe. Ele estava em uma conveniência de um posto de combustíveis quando se desentendeu com Lucas e Deived. Até hoje não se sabe exatamente por qual motivo a briga aconteceu.

O professor tentou fugir, mas foi seguido pelos agressores, que o socaram e chutaram na Rua 1.911, esquina com a Avenida Brasil.

A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu assim que chegou ao Hospital Municipal Ruth Cardoso. Ele faleceu em decorrência das várias fraturas em seu crânio, causadas pelos socos e pontapés.

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Educação

A comunidade de toda região está convidada para opinar


Eleições

Defendo congelar salários e vantagens dos deputados por 10 anos


Eleições

Ele é surdo e por isso conhece as dificuldades enfrentadas por pessoas em situação semelhante 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade