Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Elton Garcia poderá voltar a ser vereador em agosto
Gaeco
Diretor da PLM, fornecedor da prefeitura, acusado de pagar propina a Elton Garcia

Quinta, 21/7/2016 9:02.

A Segunda Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina julgará no dia 2 de agosto recursos do vereador cassado Elton Garcia (PMDB) que perdeu o cargo por corrupção praticada quando era secretário municipal de obras, segundo apurou a Operação Trato Feito, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

Elton é um atestado de culpa ambulante, praticou diversos crimes cujas provas foram documentadas, mas a Câmara de Vereadores, em sua maioria da base de apoio do prefeito Edson Piriquito, decidiu cassá-lo por um crime “menor”, se apropriar de parte dos salários de funcionários da Câmara indicados por ele.

Provavelmente porque se o ex-vereador fosse investigado na Câmara por corrupção na Secretaria de Obras, outros figurões do governo Piriquito, inclusive vereadores, seriam incriminados.

Nos recursos que serão julgados dia 2 de agosto, o Ministério Público deu parecer no sentido de confirmar a cassação. O relator do processo é o desembargador João Henrique Blasi.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Enquanto a maioria quer aumentar quantidade de leis ele deseja o contrário


Geral

Houve um vazamento de grande proporção e reparos estão sendo feitos


Cidade

Prefeitos nunca investiram em reservação de água bruta  


Opinião

No Brasil isso é quase um diploma de honestidade


Publicidade


Publicidade


Seu Dinheiro

Acordo pode ter provocado um aumento de bilhões na conta de luz dos consumidores.


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Elton Garcia poderá voltar a ser vereador em agosto

Gaeco
Diretor da PLM, fornecedor da prefeitura, acusado de pagar propina a Elton Garcia
Diretor da PLM, fornecedor da prefeitura, acusado de pagar propina a Elton Garcia
Quinta, 21/7/2016 9:02.

A Segunda Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina julgará no dia 2 de agosto recursos do vereador cassado Elton Garcia (PMDB) que perdeu o cargo por corrupção praticada quando era secretário municipal de obras, segundo apurou a Operação Trato Feito, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

Elton é um atestado de culpa ambulante, praticou diversos crimes cujas provas foram documentadas, mas a Câmara de Vereadores, em sua maioria da base de apoio do prefeito Edson Piriquito, decidiu cassá-lo por um crime “menor”, se apropriar de parte dos salários de funcionários da Câmara indicados por ele.

Provavelmente porque se o ex-vereador fosse investigado na Câmara por corrupção na Secretaria de Obras, outros figurões do governo Piriquito, inclusive vereadores, seriam incriminados.

Nos recursos que serão julgados dia 2 de agosto, o Ministério Público deu parecer no sentido de confirmar a cassação. O relator do processo é o desembargador João Henrique Blasi.
 

Publicidade

Publicidade