Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Policia
Vítima de incêndio em Camboriú será identificada em exame de DNA

Testemunhas ouviram disparos de arma de fogo antes do local pegar fogo

Segunda, 18/1/2016 9:43.
Reprodução

Publicidade

A identificação da vítima do incêndio que ocorreu na madrugada de sábado (16), na Rua José Geraldo Soares, no Centro de Camboriú, só será possível com exame de DNA, pois o corpo está carbonizado.

Segundo informações da Polícia Militar, às 2h de sábado militares foram acionados para irem até o local, onde estaria acontecendo o incêndio.
Após os bombeiros conterem as chamas, um corpo carbonizado foi localizado dentro da residência.

A polícia conversou com o proprietário do imóvel, que informou que alugou a casa para um homem que se chama Vanderlei. Ele não soube informar o sobrenome da vítima.

Populares informaram que antes do incêndio escutaram três disparos de arma de fogo.

O Instituto Médico Legal (IML) informou que há uma possível identificação, mas já que o corpo está carbonizado só será possível confirma-la com o exame de DNA, que deve demorar alguns dias para ficar pronto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução

Vítima de incêndio em Camboriú será identificada em exame de DNA

Testemunhas ouviram disparos de arma de fogo antes do local pegar fogo

Publicidade

Segunda, 18/1/2016 9:43.

A identificação da vítima do incêndio que ocorreu na madrugada de sábado (16), na Rua José Geraldo Soares, no Centro de Camboriú, só será possível com exame de DNA, pois o corpo está carbonizado.

Segundo informações da Polícia Militar, às 2h de sábado militares foram acionados para irem até o local, onde estaria acontecendo o incêndio.
Após os bombeiros conterem as chamas, um corpo carbonizado foi localizado dentro da residência.

A polícia conversou com o proprietário do imóvel, que informou que alugou a casa para um homem que se chama Vanderlei. Ele não soube informar o sobrenome da vítima.

Populares informaram que antes do incêndio escutaram três disparos de arma de fogo.

O Instituto Médico Legal (IML) informou que há uma possível identificação, mas já que o corpo está carbonizado só será possível confirma-la com o exame de DNA, que deve demorar alguns dias para ficar pronto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade