Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem com 30 passagens pela polícia é baleado no Nações
Imagem meramente ilustrativa

Quinta, 4/2/2016 9:34.

Um homem de 26 anos sofreu tentativa de homicídio, na noite de quarta-feira (3), em um estacionamento na Avenida do Estado, esquina com a Rua Indonésia, no Bairro das Nações, em Balneário Camboriú.

A Polícia Militar informou que Alexandre dos Santos Prohmann estava em frente à lavação onde trabalha, quando um homem chegou para conversar com ele.

Após algum tempo de conversa, o homem que ele supostamente não conhecia, virou de costas para ele e o baleou quatro vezes. O atirador fugiu e não foi mais encontrado.

Alexandre também relatou aos militares que não sabe por qual motivo foi baleado. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso e não corre risco de morte.

A vítima possui 30 passagens pela polícia, por crimes como posse de drogas, violência doméstica, ameaça contra homem, briga, invasão de propriedade, roubo e diversos furtos.

A Polícia Civil investiga o caso.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Balneário Camboriú passa a ser a cidade brasileira com mais bandeiras azuis


Política

Estratégia é oferecer cargos nos Estados aos deputados avulsos


Justiça

Empreendedor se defende em nota à imprensa


Cidade

O acordo põe fim a anos de insegurança e desgaste jurídico


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem com 30 passagens pela polícia é baleado no Nações

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa
Quinta, 4/2/2016 9:34.

Um homem de 26 anos sofreu tentativa de homicídio, na noite de quarta-feira (3), em um estacionamento na Avenida do Estado, esquina com a Rua Indonésia, no Bairro das Nações, em Balneário Camboriú.

A Polícia Militar informou que Alexandre dos Santos Prohmann estava em frente à lavação onde trabalha, quando um homem chegou para conversar com ele.

Após algum tempo de conversa, o homem que ele supostamente não conhecia, virou de costas para ele e o baleou quatro vezes. O atirador fugiu e não foi mais encontrado.

Alexandre também relatou aos militares que não sabe por qual motivo foi baleado. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso e não corre risco de morte.

A vítima possui 30 passagens pela polícia, por crimes como posse de drogas, violência doméstica, ameaça contra homem, briga, invasão de propriedade, roubo e diversos furtos.

A Polícia Civil investiga o caso.

Publicidade

Publicidade