Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Após roubo violento e perseguição, assaltante é morto em Camboriú

Terça, 23/2/2016 11:08.

Um assaltante de 34 anos foi morto em confronto com a polícia, na tarde desta segunda-feira (22), em Camboriú. Ele participou, junto de outros três comparsas, de um roubo violento no interior daquela cidade. As vítimas, dois idosos, foram amarradas e espancadas.

Perseguição e tiros

Segundo informações da Polícia Militar, às 15h, militares em rondas pela Rua João da Costa, no Bairro Rio do Meio, viram um Corsa/Sedan trafegando em sentido contrário.

Foi dada ordem de parada ao motorista, que estava junto de um carona, mas eles não acataram. A perseguição terminou na mesma rua, nas proximidades do Instituto Federal Catarinense. O carona do Corsa, Teilomar Michele da Rosa, 34 anos, desceu do carro e se embrenhou no mato, sendo perseguido pela polícia.

Teilomar caiu em uma vala que havia no matagal e teria disparado duas vezes contra os militares, que revidaram e o acertaram. Ele morreu no local. Conforme a PM, ele possuía passagens pela polícia por crimes como posse de drogas, homicídio, lesão corporal e desobediência.

Um adolescente de 16 anos conduzia o veículo. No porta-malas do carro, que possuía registro de furto/roubo, foram encontrados vários objetos de origem duvidosa. O infrator logo confessou que eles eram provenientes de um roubo ocorrido na manhã de segunda-feira. Ele também informou que o bando (além de Teliomar, havia outros dois comparsas) deixaram as vítimas amarradas.

O assalto

Os policiais levaram o adolescente até o local do crime, no interior de Camboriú. Lá eles foram abordados por um idoso de 60 anos. Ele contou que ele e seu pai, de 90 anos, foram espancados e amarrados, e por sorte conseguiram se desamarrar e escapar.

O roubo aconteceu às 7h, mas os bandidos ficaram com as vítimas até o início da tarde. Além dos objetos que estavam no Corsa, os ladrões levaram também uma caminhonete Ford/Ranger, placas MLZ-3498.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Ruth Cardoso, onde foram medicadas. Pai e filho estavam bastante feridos. O adolescente foi apreendido.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Após roubo violento e perseguição, assaltante é morto em Camboriú

Terça, 23/2/2016 11:08.

Um assaltante de 34 anos foi morto em confronto com a polícia, na tarde desta segunda-feira (22), em Camboriú. Ele participou, junto de outros três comparsas, de um roubo violento no interior daquela cidade. As vítimas, dois idosos, foram amarradas e espancadas.

Perseguição e tiros

Segundo informações da Polícia Militar, às 15h, militares em rondas pela Rua João da Costa, no Bairro Rio do Meio, viram um Corsa/Sedan trafegando em sentido contrário.

Foi dada ordem de parada ao motorista, que estava junto de um carona, mas eles não acataram. A perseguição terminou na mesma rua, nas proximidades do Instituto Federal Catarinense. O carona do Corsa, Teilomar Michele da Rosa, 34 anos, desceu do carro e se embrenhou no mato, sendo perseguido pela polícia.

Teilomar caiu em uma vala que havia no matagal e teria disparado duas vezes contra os militares, que revidaram e o acertaram. Ele morreu no local. Conforme a PM, ele possuía passagens pela polícia por crimes como posse de drogas, homicídio, lesão corporal e desobediência.

Um adolescente de 16 anos conduzia o veículo. No porta-malas do carro, que possuía registro de furto/roubo, foram encontrados vários objetos de origem duvidosa. O infrator logo confessou que eles eram provenientes de um roubo ocorrido na manhã de segunda-feira. Ele também informou que o bando (além de Teliomar, havia outros dois comparsas) deixaram as vítimas amarradas.

O assalto

Os policiais levaram o adolescente até o local do crime, no interior de Camboriú. Lá eles foram abordados por um idoso de 60 anos. Ele contou que ele e seu pai, de 90 anos, foram espancados e amarrados, e por sorte conseguiram se desamarrar e escapar.

O roubo aconteceu às 7h, mas os bandidos ficaram com as vítimas até o início da tarde. Além dos objetos que estavam no Corsa, os ladrões levaram também uma caminhonete Ford/Ranger, placas MLZ-3498.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Ruth Cardoso, onde foram medicadas. Pai e filho estavam bastante feridos. O adolescente foi apreendido.

Publicidade

Publicidade