Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Após roubo violento e perseguição, assaltante é morto em Camboriú

Terça, 23/2/2016 11:08.

Um assaltante de 34 anos foi morto em confronto com a polícia, na tarde desta segunda-feira (22), em Camboriú. Ele participou, junto de outros três comparsas, de um roubo violento no interior daquela cidade. As vítimas, dois idosos, foram amarradas e espancadas.

Perseguição e tiros

Segundo informações da Polícia Militar, às 15h, militares em rondas pela Rua João da Costa, no Bairro Rio do Meio, viram um Corsa/Sedan trafegando em sentido contrário.

Foi dada ordem de parada ao motorista, que estava junto de um carona, mas eles não acataram. A perseguição terminou na mesma rua, nas proximidades do Instituto Federal Catarinense. O carona do Corsa, Teilomar Michele da Rosa, 34 anos, desceu do carro e se embrenhou no mato, sendo perseguido pela polícia.

Teilomar caiu em uma vala que havia no matagal e teria disparado duas vezes contra os militares, que revidaram e o acertaram. Ele morreu no local. Conforme a PM, ele possuía passagens pela polícia por crimes como posse de drogas, homicídio, lesão corporal e desobediência.

Um adolescente de 16 anos conduzia o veículo. No porta-malas do carro, que possuía registro de furto/roubo, foram encontrados vários objetos de origem duvidosa. O infrator logo confessou que eles eram provenientes de um roubo ocorrido na manhã de segunda-feira. Ele também informou que o bando (além de Teliomar, havia outros dois comparsas) deixaram as vítimas amarradas.

O assalto

Os policiais levaram o adolescente até o local do crime, no interior de Camboriú. Lá eles foram abordados por um idoso de 60 anos. Ele contou que ele e seu pai, de 90 anos, foram espancados e amarrados, e por sorte conseguiram se desamarrar e escapar.

O roubo aconteceu às 7h, mas os bandidos ficaram com as vítimas até o início da tarde. Além dos objetos que estavam no Corsa, os ladrões levaram também uma caminhonete Ford/Ranger, placas MLZ-3498.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Ruth Cardoso, onde foram medicadas. Pai e filho estavam bastante feridos. O adolescente foi apreendido.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Enquanto a maioria quer aumentar quantidade de leis ele deseja o contrário


Geral

Houve um vazamento de grande proporção e reparos estão sendo feitos


Cidade

Prefeitos nunca investiram em reservação de água bruta  


Opinião

No Brasil isso é quase um diploma de honestidade


Publicidade


Publicidade


Seu Dinheiro

Acordo pode ter provocado um aumento de bilhões na conta de luz dos consumidores.


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Após roubo violento e perseguição, assaltante é morto em Camboriú

Terça, 23/2/2016 11:08.

Um assaltante de 34 anos foi morto em confronto com a polícia, na tarde desta segunda-feira (22), em Camboriú. Ele participou, junto de outros três comparsas, de um roubo violento no interior daquela cidade. As vítimas, dois idosos, foram amarradas e espancadas.

Perseguição e tiros

Segundo informações da Polícia Militar, às 15h, militares em rondas pela Rua João da Costa, no Bairro Rio do Meio, viram um Corsa/Sedan trafegando em sentido contrário.

Foi dada ordem de parada ao motorista, que estava junto de um carona, mas eles não acataram. A perseguição terminou na mesma rua, nas proximidades do Instituto Federal Catarinense. O carona do Corsa, Teilomar Michele da Rosa, 34 anos, desceu do carro e se embrenhou no mato, sendo perseguido pela polícia.

Teilomar caiu em uma vala que havia no matagal e teria disparado duas vezes contra os militares, que revidaram e o acertaram. Ele morreu no local. Conforme a PM, ele possuía passagens pela polícia por crimes como posse de drogas, homicídio, lesão corporal e desobediência.

Um adolescente de 16 anos conduzia o veículo. No porta-malas do carro, que possuía registro de furto/roubo, foram encontrados vários objetos de origem duvidosa. O infrator logo confessou que eles eram provenientes de um roubo ocorrido na manhã de segunda-feira. Ele também informou que o bando (além de Teliomar, havia outros dois comparsas) deixaram as vítimas amarradas.

O assalto

Os policiais levaram o adolescente até o local do crime, no interior de Camboriú. Lá eles foram abordados por um idoso de 60 anos. Ele contou que ele e seu pai, de 90 anos, foram espancados e amarrados, e por sorte conseguiram se desamarrar e escapar.

O roubo aconteceu às 7h, mas os bandidos ficaram com as vítimas até o início da tarde. Além dos objetos que estavam no Corsa, os ladrões levaram também uma caminhonete Ford/Ranger, placas MLZ-3498.

As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Ruth Cardoso, onde foram medicadas. Pai e filho estavam bastante feridos. O adolescente foi apreendido.

Publicidade

Publicidade