Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Preso por desacatar guardas municipais e chama-los para brigar

Segunda, 22/2/2016 9:47.

Um motorista foi preso na manhã de domingo (21) por não permitir que os agentes de trânsito removessem seu carro que estava estacionado em frente a uma garagem, na Rua Dinamarca, no Bairro das Nações. Ele também desacatou os guardas municipais.

Os guardas pediram que o sujeito se afastasse do veículo para que o mesmo fosse guinchado. Porém, ele se alterou e disse que ninguém ia remover o seu carro.

Ele disse também que os guardas eram todos ‘uns bos***, frustrados por não serem policiais militares’, e que ‘não seria preso por filho da **** nenhum’, além de pedir que os GMs tirassem a farda e ‘saíssem na porrada com ele’.

Os guardas deram voz de prisão ao esquentadinho, que ficou ainda mais alterado e mandou novamente os GMs tirarem a farda e ‘sair no braço’. Os guardas tentaram contê-lo, momento em que ele tentou fugir, entrando em uma oficina.

Ao tentar fechar a porta do estabelecimento, ele socou o rosto de um dos guardas e chutou o peito de outro. A porta que ele estava forçando acabou caindo em sua cabeça, sendo então detido pela Guarda Municipal.

Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso para atender os ferimentos causados pela queda da porta e depois conduzido à delegacia.

O sujeito responde por desacato à autoridade, lesão corporal dolosa e resistência à prisão. L.B. já possuía 23 passagens pela polícia, por crimes variados que não foram divulgados.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Negócios

"Foram quatro anos de tanta recessão que existe uma demanda represada gigantesca".


Geral

Rede municipal tem 1.700 professores que ensinam 15 mil alunos em 44 escolas


Esportes


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Preso por desacatar guardas municipais e chama-los para brigar

Segunda, 22/2/2016 9:47.

Um motorista foi preso na manhã de domingo (21) por não permitir que os agentes de trânsito removessem seu carro que estava estacionado em frente a uma garagem, na Rua Dinamarca, no Bairro das Nações. Ele também desacatou os guardas municipais.

Os guardas pediram que o sujeito se afastasse do veículo para que o mesmo fosse guinchado. Porém, ele se alterou e disse que ninguém ia remover o seu carro.

Ele disse também que os guardas eram todos ‘uns bos***, frustrados por não serem policiais militares’, e que ‘não seria preso por filho da **** nenhum’, além de pedir que os GMs tirassem a farda e ‘saíssem na porrada com ele’.

Os guardas deram voz de prisão ao esquentadinho, que ficou ainda mais alterado e mandou novamente os GMs tirarem a farda e ‘sair no braço’. Os guardas tentaram contê-lo, momento em que ele tentou fugir, entrando em uma oficina.

Ao tentar fechar a porta do estabelecimento, ele socou o rosto de um dos guardas e chutou o peito de outro. A porta que ele estava forçando acabou caindo em sua cabeça, sendo então detido pela Guarda Municipal.

Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso para atender os ferimentos causados pela queda da porta e depois conduzido à delegacia.

O sujeito responde por desacato à autoridade, lesão corporal dolosa e resistência à prisão. L.B. já possuía 23 passagens pela polícia, por crimes variados que não foram divulgados.

Publicidade

Publicidade