Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Cartomante golpista passa a mão em R$ 23 mil de cliente idoso

Sexta, 19/2/2016 9:44.

Uma mulher que se dizia cartomante conseguiu passar a perna em um cliente mas acabou presa na quinta-feira (18), em Guabiruba.

Segundo informações da Polícia Civil daquela cidade, o cliente, que é idoso, ouviu um anúncio em uma rádio da região sobre os serviços da cartomante, e decidiu procurá-la.

Ele contou que após tomar um copo de água durante a consulta, se sentiu desnorteado. Depois disso, a golpista conseguiu coagir o senhor para ir até uma agência bancária no Centro de Brusque, junto de um comparsa da cartomante. Foi nesse momento que o cliente transferiu R$ 23 mil para a conta da suspeita.

Na quarta-feira (17) a vítima procurou a polícia e contou a história. No outro dia, a Civil conseguiu encontrar a larápia, que estava sacando o restante do dinheiro da vítima.

A Polícia Civil conseguiu recuperar pouco mais de R$ 13 mil e a estelionatária foi presa.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Cartomante golpista passa a mão em R$ 23 mil de cliente idoso

Uma mulher que se dizia cartomante conseguiu passar a perna em um cliente mas acabou presa na quinta-feira (18), em Guabiruba.

Segundo informações da Polícia Civil daquela cidade, o cliente, que é idoso, ouviu um anúncio em uma rádio da região sobre os serviços da cartomante, e decidiu procurá-la.

Ele contou que após tomar um copo de água durante a consulta, se sentiu desnorteado. Depois disso, a golpista conseguiu coagir o senhor para ir até uma agência bancária no Centro de Brusque, junto de um comparsa da cartomante. Foi nesse momento que o cliente transferiu R$ 23 mil para a conta da suspeita.

Na quarta-feira (17) a vítima procurou a polícia e contou a história. No outro dia, a Civil conseguiu encontrar a larápia, que estava sacando o restante do dinheiro da vítima.

A Polícia Civil conseguiu recuperar pouco mais de R$ 13 mil e a estelionatária foi presa.

Publicidade

Publicidade