Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem que matou travesti alegou legítima defesa
Imagem ilustrativa

Quinta, 8/12/2016 14:54.

O homem que matou uma travesti no fim de outubro em Balneário Camboriú é Everton Ricardo da Rosa, 23 anos. Ele foi preso na tarde de terça-feira (6) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário.

Segundo informações da DIC BC, Everton Ricardo é morador de Camboriú. Ele confessou matar Cristian Pinto Toledo, 27 anos, travesti que foi encontrada já sem vida em um apartamento no Centro de Balneário. A vítima foi enforcada com um cinto.

O caminhoneiro disse que após ter mantido relações sexuais com a travesti, ela tentou estuprá-lo. Por isso, Everton teria a assassinado, alegando legítima defesa.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem que matou travesti alegou legítima defesa

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Quinta, 8/12/2016 14:54.

O homem que matou uma travesti no fim de outubro em Balneário Camboriú é Everton Ricardo da Rosa, 23 anos. Ele foi preso na tarde de terça-feira (6) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário.

Segundo informações da DIC BC, Everton Ricardo é morador de Camboriú. Ele confessou matar Cristian Pinto Toledo, 27 anos, travesti que foi encontrada já sem vida em um apartamento no Centro de Balneário. A vítima foi enforcada com um cinto.

O caminhoneiro disse que após ter mantido relações sexuais com a travesti, ela tentou estuprá-lo. Por isso, Everton teria a assassinado, alegando legítima defesa.

Publicidade

Publicidade