Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Polícia Civil alerta para falsos anúncios de imóveis para a temporada

Quarta, 7/12/2016 9:40.

A Polícia Civil informa sobre falsos anúncios de aluguéis, principalmente via internet, que podem fazer vítimas principalmente com a chegada do verão. Na região de Balneário Camboriú já houve vários casos, que servem de alerta.

A Polícia ressalta que passar as férias no litoral é o sonho de muitas pessoas, mas que a atenção deve ser redobrada para que esse momento não se torne um pesadelo. Os estelionatários, na maioria das vezes de estados vizinhos, utilizam de fotos de imóveis publicados em sites de imobiliárias locais e fazem o cadastro em sites de anúncios de vendas e locações com dados falsos. Vale ficar de olho, porque muitas vezes os anúncios são bem abaixo do valor de mercado.

O contrato de locação também é feito utilizando dados falsos, com número para contato e o endereço de autenticação de assinatura de outro estado. Para garantir a locação, os golpistas exigem que seja feito um depósito prévio, geralmente em conta de uma terceira pessoa.

A Polícia Civil orienta que os interessados em alugar um imóvel na temporada procurem diretamente uma imobiliária. Ou, se for tratar direto com o proprietário, verifique se o endereço é da cidade onde será efetuado o aluguel, assim como a conta bancária informada para depósito, que também deve ser de uma agência da cidade do imóvel alugado e em nome do locador.

É aconselhável ficar muito atento ao contrato de locação e exigir que o reconhecimento de firma do locador seja efetuado no tabelionato do mesmo local do imóvel, pois, todos os documentos gerados pelos tabelionatos de Santa Catarina recebem um Selo Digital, com uma série de números e letras possibilitando a consulta no site do Tribunal de Justiça, através do site http://selo.tjsc.jus.br/, sendo possível verificar o tabelionato que emitiu o Selo, as partes envolvidas e o objeto da emissão do selo, por exemplo, contrato de aluguel de temporada.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Polícia Civil alerta para falsos anúncios de imóveis para a temporada

Quarta, 7/12/2016 9:40.

A Polícia Civil informa sobre falsos anúncios de aluguéis, principalmente via internet, que podem fazer vítimas principalmente com a chegada do verão. Na região de Balneário Camboriú já houve vários casos, que servem de alerta.

A Polícia ressalta que passar as férias no litoral é o sonho de muitas pessoas, mas que a atenção deve ser redobrada para que esse momento não se torne um pesadelo. Os estelionatários, na maioria das vezes de estados vizinhos, utilizam de fotos de imóveis publicados em sites de imobiliárias locais e fazem o cadastro em sites de anúncios de vendas e locações com dados falsos. Vale ficar de olho, porque muitas vezes os anúncios são bem abaixo do valor de mercado.

O contrato de locação também é feito utilizando dados falsos, com número para contato e o endereço de autenticação de assinatura de outro estado. Para garantir a locação, os golpistas exigem que seja feito um depósito prévio, geralmente em conta de uma terceira pessoa.

A Polícia Civil orienta que os interessados em alugar um imóvel na temporada procurem diretamente uma imobiliária. Ou, se for tratar direto com o proprietário, verifique se o endereço é da cidade onde será efetuado o aluguel, assim como a conta bancária informada para depósito, que também deve ser de uma agência da cidade do imóvel alugado e em nome do locador.

É aconselhável ficar muito atento ao contrato de locação e exigir que o reconhecimento de firma do locador seja efetuado no tabelionato do mesmo local do imóvel, pois, todos os documentos gerados pelos tabelionatos de Santa Catarina recebem um Selo Digital, com uma série de números e letras possibilitando a consulta no site do Tribunal de Justiça, através do site http://selo.tjsc.jus.br/, sendo possível verificar o tabelionato que emitiu o Selo, as partes envolvidas e o objeto da emissão do selo, por exemplo, contrato de aluguel de temporada.

Publicidade

Publicidade