Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Camboriú registra 17º homicídio do ano

Quarta, 14/12/2016 9:03.

Um homem de 46 anos foi morto a tiros nos primeiros minutos de hoje (14), na Rua Monte Alverne, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Esse foi o 17º homicídio registrado na cidade, que está sob criminalidade endêmica, em 2016.

Segundo informações da Polícia Militar, quando os policiais chegaram ao local do crime já encontraram Jucelito Roque Felício morto, caído no chão de uma residência. O SAMU esteve no local e confirmou a morte da vítima.

Ele foi baleado no rosto e no queixo. Perto dele foram encontradas três cápsulas de munições calibre 32.

Testemunhas informaram que apenas ouviram o barulho de uma motocicleta saindo do local após escutarem disparos de arma de fogo. Familiares de Jocelito relataram aos militares que ele era usuário de drogas. Ele possuía passagens pela polícia por crimes como tráfico de drogas, violência doméstica (Lei Maria da Penha), desobediência e desacato.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Situação preocupante

Esse foi o 17º homicídio registrado na cidade em 2016. O padrão internacional estabelece que acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes uma cidade ou região está em criminalidade endêmica e Camboriú já está bem acima disso, com 22 por 100 mil.

Em Balneário Camboriú a situação está mais tranquila. A cidade registrou três homicídios até o momento, além de dois encontros de cadáveres que não entram nessa lista. No entanto, é preocupante a criminalidade estar controlada em Balneário Camboriú e a 2km de distância não.

Na verdade, quando somados Camboriú e Balneáiro Camboriú a região está em criminalidade endêmica.

Em dezembro foram três homicídios em Camboriú. Além do de ontem, no último dia 06 Edenilson Farias Chaves, 28 anos, foi morto a tiros por dois homens em uma motocicleta, na Rua Silveira, no Bairro Tabuleiro; e no dia 02: Alexsandro de Jesus Merretti, conhecido como ‘Lekão’, 18 anos também foi morto a tiros por dois homens em uma motocicleta, na Rua Amaro Luiz Cardoso, no Bairro Cedro.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Camboriú registra 17º homicídio do ano

Quarta, 14/12/2016 9:03.

Um homem de 46 anos foi morto a tiros nos primeiros minutos de hoje (14), na Rua Monte Alverne, no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Esse foi o 17º homicídio registrado na cidade, que está sob criminalidade endêmica, em 2016.

Segundo informações da Polícia Militar, quando os policiais chegaram ao local do crime já encontraram Jucelito Roque Felício morto, caído no chão de uma residência. O SAMU esteve no local e confirmou a morte da vítima.

Ele foi baleado no rosto e no queixo. Perto dele foram encontradas três cápsulas de munições calibre 32.

Testemunhas informaram que apenas ouviram o barulho de uma motocicleta saindo do local após escutarem disparos de arma de fogo. Familiares de Jocelito relataram aos militares que ele era usuário de drogas. Ele possuía passagens pela polícia por crimes como tráfico de drogas, violência doméstica (Lei Maria da Penha), desobediência e desacato.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Situação preocupante

Esse foi o 17º homicídio registrado na cidade em 2016. O padrão internacional estabelece que acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes uma cidade ou região está em criminalidade endêmica e Camboriú já está bem acima disso, com 22 por 100 mil.

Em Balneário Camboriú a situação está mais tranquila. A cidade registrou três homicídios até o momento, além de dois encontros de cadáveres que não entram nessa lista. No entanto, é preocupante a criminalidade estar controlada em Balneário Camboriú e a 2km de distância não.

Na verdade, quando somados Camboriú e Balneáiro Camboriú a região está em criminalidade endêmica.

Em dezembro foram três homicídios em Camboriú. Além do de ontem, no último dia 06 Edenilson Farias Chaves, 28 anos, foi morto a tiros por dois homens em uma motocicleta, na Rua Silveira, no Bairro Tabuleiro; e no dia 02: Alexsandro de Jesus Merretti, conhecido como ‘Lekão’, 18 anos também foi morto a tiros por dois homens em uma motocicleta, na Rua Amaro Luiz Cardoso, no Bairro Cedro.

Publicidade

Publicidade