Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Dois homens foram baleados durante comício em Camboriú

Segunda, 29/8/2016 9:38.

Dois homens foram baleados durante um comício de Márcio Rosa e Milton Antônio, do PSDB de Camboriú, que aconteceu no Bairro Monte Alegre, na tarde de domingo (28).

Segundo o tenente Tiago Teixeira Ghilardi, responsável pela Polícia Militar de Camboriú, um dos baleados foi atingido na perna e outro no braço.

Ghilardi explica que a PM não foi chamada para comparecer ao local da ocorrência e só ficaram sabendo do fato através de funcionários do Hospital Municipal Ruth Cardoso, de Balneário, quando os dois atingidos (Adriano Cordeiro, 33 anos, e Adenilson Rosa de Moura, 30 anos) entraram no local para receberem atendimento médico.

“Por isso não temos como saber se o crime aconteceu ou não durante o comício. As duas vítimas dizem que sim, mas não podemos afirmar. Essa época de política é complicada”, acrescenta.

Adriano e Adenilson relataram à polícia quem teria baleado eles. O motivo não foi informado.

Os organizadores do comício negam que o crime tenha ocorrido durante o evento e dizem que o fato teria ocorrido na rua lateral ao movimento político.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Dois homens foram baleados durante comício em Camboriú

Segunda, 29/8/2016 9:38.

Dois homens foram baleados durante um comício de Márcio Rosa e Milton Antônio, do PSDB de Camboriú, que aconteceu no Bairro Monte Alegre, na tarde de domingo (28).

Segundo o tenente Tiago Teixeira Ghilardi, responsável pela Polícia Militar de Camboriú, um dos baleados foi atingido na perna e outro no braço.

Ghilardi explica que a PM não foi chamada para comparecer ao local da ocorrência e só ficaram sabendo do fato através de funcionários do Hospital Municipal Ruth Cardoso, de Balneário, quando os dois atingidos (Adriano Cordeiro, 33 anos, e Adenilson Rosa de Moura, 30 anos) entraram no local para receberem atendimento médico.

“Por isso não temos como saber se o crime aconteceu ou não durante o comício. As duas vítimas dizem que sim, mas não podemos afirmar. Essa época de política é complicada”, acrescenta.

Adriano e Adenilson relataram à polícia quem teria baleado eles. O motivo não foi informado.

Os organizadores do comício negam que o crime tenha ocorrido durante o evento e dizem que o fato teria ocorrido na rua lateral ao movimento político.

Publicidade

Publicidade