Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vídeo: incendiaram o furgão de entregas do Supermercado Correia
Dani Cezar
Furgão de entregas queimou totalmente.

Terça, 23/8/2016 9:42.

Proprietários e vizinhos do Supermercado Correia tomaram um susto essa noite quando por volta das 3h foi incendiado o furgão daquele comércio, no bairro São Judas, em Balneário Camboriú

A proprietária, Rosângela Alves Corrêa Serafini, disse ao Página 3 que alguém embebeu panos em gasolina, tocou fogo e colocou embaixo do tanque de combustível do veículo.

Com isso, o fogo foi alimentado pelo combustível, vazou pela rua ameaçando a central de gás e o prédio do mercado. Todos os extintores foram gastos, mas não houve condições de salvar o veículo que estava segurado.

Rosângela agora pela manhã se disse desanimada porque o seguro não cobre todo o prejuízo.

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Saúde

As vizinhas Itapema (185) e Camboriú (105) lideram a lista de doentes autóctones


Justiça

MP diz que aluguel de totens de segurança causou prejuízo ao erário


Geral

Evento será nessa sexta (24) e sábado (25)


Cultura

Livro “Camboriú e Balneário e Camboriú – a história das duas cidades” em nova versão


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vídeo: incendiaram o furgão de entregas do Supermercado Correia

Dani Cezar
Furgão de entregas queimou totalmente.
Furgão de entregas queimou totalmente.

Publicidade

Terça, 23/8/2016 9:42.

Proprietários e vizinhos do Supermercado Correia tomaram um susto essa noite quando por volta das 3h foi incendiado o furgão daquele comércio, no bairro São Judas, em Balneário Camboriú

A proprietária, Rosângela Alves Corrêa Serafini, disse ao Página 3 que alguém embebeu panos em gasolina, tocou fogo e colocou embaixo do tanque de combustível do veículo.

Com isso, o fogo foi alimentado pelo combustível, vazou pela rua ameaçando a central de gás e o prédio do mercado. Todos os extintores foram gastos, mas não houve condições de salvar o veículo que estava segurado.

Rosângela agora pela manhã se disse desanimada porque o seguro não cobre todo o prejuízo.

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade