Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

PM divulga acidente causado por motorista que estaria jogando Pokemón Go, mas é questionada

Quinta, 11/8/2016 9:26.

Um acidente de trânsito aconteceu na Barra Sul de Balneário Camboriú, na noite de terça-feira (9), supostamente causado por um motorista que jogava Pokémon GO. 

Segundo informações da Polícia Militar, o condutor de um Fiat/Idea perdeu o controle do veículo e colidiu contra um Ford/Ka que estava estacionado na via, nas proximidades da pista de skate da Barra Sul.

No momento em que o proprietário do Ka escutou o barulho da batida, foi verificar o que havia acontecido e teria flagrado o causador do acidente com celular em mãos tentando capturar Pokémons. O indivíduo fugiu antes mesmo da polícia chegar no local.

Foram apenas danos materiais, mas a PM alerta que os jogadores não dirijam enquanto jogam. A polícia lembrou que além de ser considerada infração de trânsito, esta atitude pode acabar causando acidentes e até tirando a vida de inocentes.

Testemunha não concorda

Essa foi a versão apontada pela Polícia Militar. Via redes sociais, um homem informou que estava no local na hora do acidente e que o dono do Ka nem conseguiu ver quem bateu no carro dele. “As pessoas que estavam lá foram no Didge e no Guacamole (restaurantes da Barra Sul) perguntar de quem era o carro, pois haviam batido nele. O cara que bateu não parou em nenhum momento, fugiu logo após o acidente e ninguém chegou a ver o motivo da batida, foi deduzido que foi por causa do Pokémon”, escreveu.

A PM foi questionada sobre o fato e através do grupo no aplicativo WhatsApp que mantém com a imprensa local, o cabo Denício Rosa informou que essa é a versão do homem e questionou por que ele não deu o depoimento na hora que a PM foi atender a ocorrência.

“A guarnição não presenciou o acidente. Apenas coleta as versões apresentadas. Foi procurada alguma testemunha no local e ninguém se apresentou”, disse.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Policia

A suspeita é que funcionários dos gabinetes da Alerj devolviam parte dos salários


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Até embarcações de pequeno porte levantam areia, depende das condições 


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

PM divulga acidente causado por motorista que estaria jogando Pokemón Go, mas é questionada

Quinta, 11/8/2016 9:26.

Um acidente de trânsito aconteceu na Barra Sul de Balneário Camboriú, na noite de terça-feira (9), supostamente causado por um motorista que jogava Pokémon GO. 

Segundo informações da Polícia Militar, o condutor de um Fiat/Idea perdeu o controle do veículo e colidiu contra um Ford/Ka que estava estacionado na via, nas proximidades da pista de skate da Barra Sul.

No momento em que o proprietário do Ka escutou o barulho da batida, foi verificar o que havia acontecido e teria flagrado o causador do acidente com celular em mãos tentando capturar Pokémons. O indivíduo fugiu antes mesmo da polícia chegar no local.

Foram apenas danos materiais, mas a PM alerta que os jogadores não dirijam enquanto jogam. A polícia lembrou que além de ser considerada infração de trânsito, esta atitude pode acabar causando acidentes e até tirando a vida de inocentes.

Testemunha não concorda

Essa foi a versão apontada pela Polícia Militar. Via redes sociais, um homem informou que estava no local na hora do acidente e que o dono do Ka nem conseguiu ver quem bateu no carro dele. “As pessoas que estavam lá foram no Didge e no Guacamole (restaurantes da Barra Sul) perguntar de quem era o carro, pois haviam batido nele. O cara que bateu não parou em nenhum momento, fugiu logo após o acidente e ninguém chegou a ver o motivo da batida, foi deduzido que foi por causa do Pokémon”, escreveu.

A PM foi questionada sobre o fato e através do grupo no aplicativo WhatsApp que mantém com a imprensa local, o cabo Denício Rosa informou que essa é a versão do homem e questionou por que ele não deu o depoimento na hora que a PM foi atender a ocorrência.

“A guarnição não presenciou o acidente. Apenas coleta as versões apresentadas. Foi procurada alguma testemunha no local e ninguém se apresentou”, disse.

Publicidade

Publicidade