Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Ônibus cheio de motos irregulares é interceptado pela polícia da região

Elas tinham como destino o Nordeste

Quarta, 6/4/2016 10:01.
Divulgação

Publicidade

A Polícia Militar de Bombinhas flagrou na segunda-feira (4), uma quadrilha que estava levando 16 motocicletas para o Nordeste. Todas elas eram irregulares.

Há alguns meses a polícia ficou sabendo que todos os anos um grupo de pessoas freta ônibus e leva motos com diversas irregularidades para o Nordeste do país.

Através dessas informações, os policiais descobriram que a nova carga seria levada na manhã de segunda-feira. O ônibus com as motos foi abordado na Rua Capivara e dentro do bagageiro foram encontradas diversas delas.

A maioria era ‘bruxa’ (motocicletas compradas e revendidas com débitos pendentes) que podem ser caracterizadas pelos crimes de estelionato e/ou receptação.

Algumas motos também estavam com o chassi e placas alteradas – inclusive foram flagradas duas motos gêmeas (com a mesma placa), comprovando a fraude.

Todas as motocicletas foram apreendidas e só serão liberadas aos verdadeiros proprietários ou a terceiros com procuração. Elas precisam ser comprovadas como regulares. Quatro pessoas foram presas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Ônibus cheio de motos irregulares é interceptado pela polícia da região

Elas tinham como destino o Nordeste

Publicidade

Quarta, 6/4/2016 10:01.

A Polícia Militar de Bombinhas flagrou na segunda-feira (4), uma quadrilha que estava levando 16 motocicletas para o Nordeste. Todas elas eram irregulares.

Há alguns meses a polícia ficou sabendo que todos os anos um grupo de pessoas freta ônibus e leva motos com diversas irregularidades para o Nordeste do país.

Através dessas informações, os policiais descobriram que a nova carga seria levada na manhã de segunda-feira. O ônibus com as motos foi abordado na Rua Capivara e dentro do bagageiro foram encontradas diversas delas.

A maioria era ‘bruxa’ (motocicletas compradas e revendidas com débitos pendentes) que podem ser caracterizadas pelos crimes de estelionato e/ou receptação.

Algumas motos também estavam com o chassi e placas alteradas – inclusive foram flagradas duas motos gêmeas (com a mesma placa), comprovando a fraude.

Todas as motocicletas foram apreendidas e só serão liberadas aos verdadeiros proprietários ou a terceiros com procuração. Elas precisam ser comprovadas como regulares. Quatro pessoas foram presas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade