Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Obituário
Faleceu o advogado Álvaro Rocha Kenig

Segunda, 15/6/2020 9:15.
Konig, ao centro, com o presidente da OAB/BC Shames de Oliveira e com o presidente da OAB/SC, Rafael Horn.

Publicidade

O advogado Álvaro Rocha Kenig, 62 anos, conhecido como ‘Alvarenga’, faleceu no domingo (14) vítima de um câncer, o qual lutava contra há dois anos. Em 2019 ele completou 45 anos de profissão, já tendo atuado como conselheiro estadual da OAB/SC, membro do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) e tesoureiro da OAB de Balneário entre 2010 e 2012. Ele residia em Balneário Camboriú.

Álvaro era bastante atuante na causa dos trabalhadores e empresário do turismo, e durante muitos anos foi assistente jurídico do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sindisol).

O Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) lembrou o falecimento dele através de nota nas redes sociais, salientando a importância do seu apoio à classe.

Uma das paixões do advogado era o surf, sendo considerado um dos primeiros surfistas de Itajaí. Ele sempre surfava na Praia da Atalaia. Foi o fundador da Associação de Surf Praias de Itajaí (ASPI).

O velório acontece a partir das 8h desta segunda-feira (15), no Cemitério da Fazenda em Itajaí, com sepultamento no mesmo local, às 11h. Os atos fúnebres serão abertos ao público, com respeito ao distanciamento social por conta do Coronavírus.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Konig, ao centro,  com o presidente da OAB/BC Shames de Oliveira e com o presidente da OAB/SC, Rafael Horn.
Konig, ao centro, com o presidente da OAB/BC Shames de Oliveira e com o presidente da OAB/SC, Rafael Horn.

Faleceu o advogado Álvaro Rocha Kenig

Publicidade

Segunda, 15/6/2020 9:15.

O advogado Álvaro Rocha Kenig, 62 anos, conhecido como ‘Alvarenga’, faleceu no domingo (14) vítima de um câncer, o qual lutava contra há dois anos. Em 2019 ele completou 45 anos de profissão, já tendo atuado como conselheiro estadual da OAB/SC, membro do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) e tesoureiro da OAB de Balneário entre 2010 e 2012. Ele residia em Balneário Camboriú.

Álvaro era bastante atuante na causa dos trabalhadores e empresário do turismo, e durante muitos anos foi assistente jurídico do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sindisol).

O Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) lembrou o falecimento dele através de nota nas redes sociais, salientando a importância do seu apoio à classe.

Uma das paixões do advogado era o surf, sendo considerado um dos primeiros surfistas de Itajaí. Ele sempre surfava na Praia da Atalaia. Foi o fundador da Associação de Surf Praias de Itajaí (ASPI).

O velório acontece a partir das 8h desta segunda-feira (15), no Cemitério da Fazenda em Itajaí, com sepultamento no mesmo local, às 11h. Os atos fúnebres serão abertos ao público, com respeito ao distanciamento social por conta do Coronavírus.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade