Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Obituário
OBITUÁRIO: José Isair Vechi, o Boneco

Quarta, 12/8/2020 8:55.
Divulgação
José com o filho Tiago

Publicidade

O vice-presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) José Isair Vechi, 67 anos, conhecido como Boneco, faleceu nesta terça-feira (11), vítima de Covid-19. Ele estava internado há mais de duas semanas no Centro Municipal de Covid-19 de Balneário Camboriú, mas não resistiu.

José era técnico em contabilidade aposentado. Além de atuar na diretoria do Sechobar, também foi músico, tocava bateria nos grupos Os Fantásticos e Kido Som 4. Ele era torcedor do time Marcílio Dias. O time emitiu nota lamentando o falecimento do aposentado, que foi definido como ‘um torcedor fanático do Marinheiro’.

Ele deixa dois filhos – entre eles o presidente da Fundação Cultural de Camboriú e também músico, Tiago Vechi – e um neto.

O velório e sepultamento ocorreram na terça, no Cemitério Municipal de Camboriú.

Com a morte de José, a cidade vizinha chega a 36 vítimas que faleceram devido ao novo


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
José com o filho Tiago
José com o filho Tiago

OBITUÁRIO: José Isair Vechi, o Boneco

Publicidade

Quarta, 12/8/2020 8:55.

O vice-presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) José Isair Vechi, 67 anos, conhecido como Boneco, faleceu nesta terça-feira (11), vítima de Covid-19. Ele estava internado há mais de duas semanas no Centro Municipal de Covid-19 de Balneário Camboriú, mas não resistiu.

José era técnico em contabilidade aposentado. Além de atuar na diretoria do Sechobar, também foi músico, tocava bateria nos grupos Os Fantásticos e Kido Som 4. Ele era torcedor do time Marcílio Dias. O time emitiu nota lamentando o falecimento do aposentado, que foi definido como ‘um torcedor fanático do Marinheiro’.

Ele deixa dois filhos – entre eles o presidente da Fundação Cultural de Camboriú e também músico, Tiago Vechi – e um neto.

O velório e sepultamento ocorreram na terça, no Cemitério Municipal de Camboriú.

Com a morte de José, a cidade vizinha chega a 36 vítimas que faleceram devido ao novo


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade