Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Negócios
Prefeitura libera nova loja da Havan em Balneário Camboriú

Empresa planeja outros dois grandes investimentos na cidade

Quinta, 20/9/2018 8:50.
Arquivo JP3.
Desenho da nova loja da Havan em Balneário Camboriú.

Publicidade

A Comissão Especial de Análise de Estudo de Impacto de Vizinhança (CEIV) da prefeitura de Balneário Camboriú aprovou na última segunda-feira a nova loja da Havan na cidade que será construída na Avenida do Estado esquina com rua Aqueduto, em frente ao Balneário Shopping.

É o primeiro projeto aprovado desde que a Comissão foi criada, mas no total a Havan esperou cinco anos até superar todos os obstáculos burocráticos.

Luciano Hang, dono da Havan, disse ao Página 3 ontem que acredita ser possível construir e colocar a loja com 16.000 m2 em funcionamento até janeiro, mas antes de iniciar a construção precisa clarear alguns aspectos legais que envolvem terrenos vizinhos.

A CEIV exigiu 48 condicionantes para aprovar a nova loja e eles podem ser vistos no documento reproduzido mais abaixo. A Havan também terá que pagar cerca de R$ 300 mil ao município como contrapartida financeira.

HAVERÁ MAIS

A reportagem do Página 3 apurou que a Havan planeja construir mais uma loja em Balneário Camboriú, na zona norte da cidade.

Também está nos planos da empresa a construção de um grande centro de distribuição na BR-101, na zona sul.

No último levantamento feito pelo Página 3, com números de 2016, a Havan era o maior contribuinte individual de ICMS em Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Arquivo JP3.
Desenho da nova loja da Havan em Balneário Camboriú.
Desenho da nova loja da Havan em Balneário Camboriú.

Prefeitura libera nova loja da Havan em Balneário Camboriú

Empresa planeja outros dois grandes investimentos na cidade

Publicidade

Quinta, 20/9/2018 8:50.

A Comissão Especial de Análise de Estudo de Impacto de Vizinhança (CEIV) da prefeitura de Balneário Camboriú aprovou na última segunda-feira a nova loja da Havan na cidade que será construída na Avenida do Estado esquina com rua Aqueduto, em frente ao Balneário Shopping.

É o primeiro projeto aprovado desde que a Comissão foi criada, mas no total a Havan esperou cinco anos até superar todos os obstáculos burocráticos.

Luciano Hang, dono da Havan, disse ao Página 3 ontem que acredita ser possível construir e colocar a loja com 16.000 m2 em funcionamento até janeiro, mas antes de iniciar a construção precisa clarear alguns aspectos legais que envolvem terrenos vizinhos.

A CEIV exigiu 48 condicionantes para aprovar a nova loja e eles podem ser vistos no documento reproduzido mais abaixo. A Havan também terá que pagar cerca de R$ 300 mil ao município como contrapartida financeira.

HAVERÁ MAIS

A reportagem do Página 3 apurou que a Havan planeja construir mais uma loja em Balneário Camboriú, na zona norte da cidade.

Também está nos planos da empresa a construção de um grande centro de distribuição na BR-101, na zona sul.

No último levantamento feito pelo Página 3, com números de 2016, a Havan era o maior contribuinte individual de ICMS em Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade