Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Câmara de Comércio Árabe terá escritório em Itajaí

Quarta, 16/5/2018 9:03.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira inaugura no próximo dia 24 um escritório avançado em Itajaí que, assim como a matriz na capital paulista, vai certificar documentos de exportação de cargas com destino ao mundo árabe.

A ideia é facilitar a certificação obrigatória para as empresas que preferem operar próximo do Porto de Itajaí. Atualmente 8,54% das exportações brasileiras aos árabes são escoadas do porto catarinense, assim como 28% do total de carnes e derivados com destino ao bloco.

Segundo o secretário-geral da entidade, Michel Alaby, a ideia é desburocratizar. "O escritório vai dispensar o envio de documentos à São Paulo", afirma. Hoje, a certificação depende do recepcionamento de documentos. A partir disso, o processo é digital e leva até 24 horas.

Alaby diz, no entanto, que, em breve, a certificação será toda digital. A ideia é que o exportador desde o início submeta documentos em formatos eletrônicos certificados. A entidade é a única no Brasil autorizada pela Liga Árabe a certificar documentos de cargas destinadas aos países-membros.

Ainda de acordo com Alaby, o novo escritório terá a função de aproximar a entidade das empresas locais. "O posto avançado vai divulgar oportunidades de negócio no mundo árabe e disponibilizará assessoria especializada para as empresas que quiserem aproveitá-las", reforça.

No ano passado, as exportações brasileiras às nações árabes somaram US$ 13,5 bilhões. A pauta foi liderada por açúcar, carnes, minério de ferro e grãos. Do outro lado da corrente, o Brasil comprou dos árabes US$ 6,5 bilhões, principalmente em combustíveis e fertilizantes.

A Câmara fica na Av. Coronel Marcos Konder, 1207, cj. 10, Centro, Itajaí, no Centro Empresarial EMBRAED.

Mais informações: www.ccab.org.br

Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.

Fonte: A4&Holofote

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Câmara de Comércio Árabe terá escritório em Itajaí

Quarta, 16/5/2018 9:03.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira inaugura no próximo dia 24 um escritório avançado em Itajaí que, assim como a matriz na capital paulista, vai certificar documentos de exportação de cargas com destino ao mundo árabe.

A ideia é facilitar a certificação obrigatória para as empresas que preferem operar próximo do Porto de Itajaí. Atualmente 8,54% das exportações brasileiras aos árabes são escoadas do porto catarinense, assim como 28% do total de carnes e derivados com destino ao bloco.

Segundo o secretário-geral da entidade, Michel Alaby, a ideia é desburocratizar. "O escritório vai dispensar o envio de documentos à São Paulo", afirma. Hoje, a certificação depende do recepcionamento de documentos. A partir disso, o processo é digital e leva até 24 horas.

Alaby diz, no entanto, que, em breve, a certificação será toda digital. A ideia é que o exportador desde o início submeta documentos em formatos eletrônicos certificados. A entidade é a única no Brasil autorizada pela Liga Árabe a certificar documentos de cargas destinadas aos países-membros.

Ainda de acordo com Alaby, o novo escritório terá a função de aproximar a entidade das empresas locais. "O posto avançado vai divulgar oportunidades de negócio no mundo árabe e disponibilizará assessoria especializada para as empresas que quiserem aproveitá-las", reforça.

No ano passado, as exportações brasileiras às nações árabes somaram US$ 13,5 bilhões. A pauta foi liderada por açúcar, carnes, minério de ferro e grãos. Do outro lado da corrente, o Brasil comprou dos árabes US$ 6,5 bilhões, principalmente em combustíveis e fertilizantes.

A Câmara fica na Av. Coronel Marcos Konder, 1207, cj. 10, Centro, Itajaí, no Centro Empresarial EMBRAED.

Mais informações: www.ccab.org.br

Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.

Fonte: A4&Holofote

Publicidade

Publicidade