Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Negócios
EDP Portugal deve rejeitar proposta de R$ 39 bi de chinesa, diz agência

Segunda, 14/5/2018 12:03.
Pedro Nunes/Reuters
António Mexia, presidente do Conselho de Administração da EDP Energias do Brasil, em Portugal

Publicidade

FOLHAPRESS) - AEDPEnergias de Portugal está pronta para rejeitar a oferta de9,07bilhões de euros (cerca de R$ 39 bilhões)da ChinaThree Gorges, alegando que a propostasubestima a maior empresa de energia do país, disse a agência Bloomberg citando pessoas comconhecimento do assunto.

O conselho da EDP, que poderá se reunir nesta semana, vê o lance atual de 3,26 euros por ação tão baixo quanto oprêmio de 4,8% sobre o fechamento de sexta, disseram as pessoas, pedindo paranão serem identificadas porque as discussões são privadas.

A EDP também está trabalhando com assessores, incluindo o Grupo UBS AG, em uma defesa potencial, disseram.

Representantes da EDP e do UBS se recusaram a comentar à Bloomberg.

As ações da EDPsobem nesta segunda, sinalizando que os investidores esperam que os chineses aumentem a oferta para ter o controle total da portuguesa -elesjá têm uma participação de mais de 20%.

A elétrica portuguesa enviou comunicadoà CMVM(Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), regulador do mercado português, afirmando que aproposta daChina ThreeGorgesestá condicionada à não obrigação de a chinesa apresentar uma oferta pública pela unidade da portuguesa no Brasil, a EDP Energias do Brasil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Pedro Nunes/Reuters
António Mexia, presidente do Conselho de Administração da EDP Energias do Brasil, em Portugal
António Mexia, presidente do Conselho de Administração da EDP Energias do Brasil, em Portugal

EDP Portugal deve rejeitar proposta de R$ 39 bi de chinesa, diz agência

Publicidade

Segunda, 14/5/2018 12:03.

FOLHAPRESS) - AEDPEnergias de Portugal está pronta para rejeitar a oferta de9,07bilhões de euros (cerca de R$ 39 bilhões)da ChinaThree Gorges, alegando que a propostasubestima a maior empresa de energia do país, disse a agência Bloomberg citando pessoas comconhecimento do assunto.

O conselho da EDP, que poderá se reunir nesta semana, vê o lance atual de 3,26 euros por ação tão baixo quanto oprêmio de 4,8% sobre o fechamento de sexta, disseram as pessoas, pedindo paranão serem identificadas porque as discussões são privadas.

A EDP também está trabalhando com assessores, incluindo o Grupo UBS AG, em uma defesa potencial, disseram.

Representantes da EDP e do UBS se recusaram a comentar à Bloomberg.

As ações da EDPsobem nesta segunda, sinalizando que os investidores esperam que os chineses aumentem a oferta para ter o controle total da portuguesa -elesjá têm uma participação de mais de 20%.

A elétrica portuguesa enviou comunicadoà CMVM(Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), regulador do mercado português, afirmando que aproposta daChina ThreeGorgesestá condicionada à não obrigação de a chinesa apresentar uma oferta pública pela unidade da portuguesa no Brasil, a EDP Energias do Brasil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade