Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Mundo
Em depoimento de Zuckerberg, senadores questionam modelo do Facebook

Terça, 10/4/2018 17:37.

Publicidade

ESTELITA HASS CARAZZAI

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, começou a depor ao Senado dos Estados Unidos pouco antes das 16h de Brasília.

É o primeiro testemunho do executivo ao Congresso americano, em meio a um cerco da opinião pública sobre os controles de privacidade da plataforma e sua responsabilidade na difusão de notícias falsas e manipulação política.

Zuckerberg pediu desculpas por ter falhado em proteger os dados dos usuários e assumiu responsabilidade pessoal pelo erro.

Em suas primeiras intervenções, os congressistas questionaram o executivo sobre o modelo de negócios de redes sociais como o Facebook, que usa dados pessoais de seus usuários para a venda e direcionamento de publicidade.

"O potencial para crescimento e inovação baseados na coleta de dados é ilimitado. Porém, o potencial para abusos também é significativo", disse o senador republicano Chuck Grassley, após citar companhias como o Google, Twitter, Apple e Amazon.

É um indicativo de que outras empresas de tecnologia devem estar na mira dos senadores em breve.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Em depoimento de Zuckerberg, senadores questionam modelo do Facebook

Publicidade

Terça, 10/4/2018 17:37.

ESTELITA HASS CARAZZAI

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, começou a depor ao Senado dos Estados Unidos pouco antes das 16h de Brasília.

É o primeiro testemunho do executivo ao Congresso americano, em meio a um cerco da opinião pública sobre os controles de privacidade da plataforma e sua responsabilidade na difusão de notícias falsas e manipulação política.

Zuckerberg pediu desculpas por ter falhado em proteger os dados dos usuários e assumiu responsabilidade pessoal pelo erro.

Em suas primeiras intervenções, os congressistas questionaram o executivo sobre o modelo de negócios de redes sociais como o Facebook, que usa dados pessoais de seus usuários para a venda e direcionamento de publicidade.

"O potencial para crescimento e inovação baseados na coleta de dados é ilimitado. Porém, o potencial para abusos também é significativo", disse o senador republicano Chuck Grassley, após citar companhias como o Google, Twitter, Apple e Amazon.

É um indicativo de que outras empresas de tecnologia devem estar na mira dos senadores em breve.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade