Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Meio Ambiente
Engajamento pela Praia de Taquarinhas como parque natural segue firme

Sexta, 25/9/2020 18:52.
Divulgação
Meirinho (E) com a equipe técnica do movimento Parque Taquarinhas

Publicidade

O Conselho Gestor da APA Costa Brava reuniu-se de forma remota nesta quinta-feira (24), para seguir o debate sobre a elaboração do Plano de Manejo, instrumento que deverá definir o zoneamento e as normas para uso da área e o manejo dos recursos naturais, incluindo a Praia de Taquarinhas, que vem sendo pauta de diversas proposições e engajamento do vereador André Meirinho e de movimentos que defendem sua preservação com a criação de um parque natural.

Este encontro da APA não abordou Taquarinhas, mas na ata de 4/12/2019 da reunião do grupo de trabalho registra que ficou definida área de preservação, sendo uma com baixa densidade e uma outra atividade vinculada ao turismo. Contudo, a garantia para que Taquarinhas permaneça preservada e sem ocupação depende do domínio público municipal tornando uma unidade de conservação na forma de parque nas áreas que recentemente foram encaminhadas para Leilão pela Caixa Econômica Federal.

O vereador André Meirinho indicou ao Poder Executivo a realização de um Decreto de Interesse Social das áreas, que foi aceito e publicado em março de 2019, o que foi fundamental para que não tivesse comprador para a área e permanecesse com a Caixa, conseguiu uma reunião com a CEF através da intermediação do senador Esperidião Amin e também encaminhou Moção de Apelo à Assembleia Legislativa para criação de um parque estadual.

(Praia de Taquarinhas - Divulgação/PMBC)

Com a publicação do Decreto, bem como abertura do diálogo feita pelo vereador, a continuidade das tratativas para viabilizar o parque ficou sob responsabilidade do Poder Executivo Municipal, necessitando da realização de estudos específicos das áreas para embasar a criação do Parque Natural de Taquarinhas, mais as articulações junto à CEF.

“A busca por alternativas para criação do parque continuam, segundo o deputado Ivan Naatz está sendo dado continuidade em âmbito estadual e há uma perspectiva de se ter uma posição da CEF em 30 dias. Continuamos com o engajamento com apoio da comunidade e, em especial, de representantes do Instituto Ideia, Comissão de Meio Ambiente da OAB e professores do Laboratório de Gestão Costeira da Univali, visando a preservação de Taquarinhas na forma de parque natural’, disse Meirinho.

Texto: André Mazocco


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Meirinho (E) com a  equipe técnica do movimento Parque Taquarinhas
Meirinho (E) com a equipe técnica do movimento Parque Taquarinhas

Engajamento pela Praia de Taquarinhas como parque natural segue firme

Publicidade

Sexta, 25/9/2020 18:52.

O Conselho Gestor da APA Costa Brava reuniu-se de forma remota nesta quinta-feira (24), para seguir o debate sobre a elaboração do Plano de Manejo, instrumento que deverá definir o zoneamento e as normas para uso da área e o manejo dos recursos naturais, incluindo a Praia de Taquarinhas, que vem sendo pauta de diversas proposições e engajamento do vereador André Meirinho e de movimentos que defendem sua preservação com a criação de um parque natural.

Este encontro da APA não abordou Taquarinhas, mas na ata de 4/12/2019 da reunião do grupo de trabalho registra que ficou definida área de preservação, sendo uma com baixa densidade e uma outra atividade vinculada ao turismo. Contudo, a garantia para que Taquarinhas permaneça preservada e sem ocupação depende do domínio público municipal tornando uma unidade de conservação na forma de parque nas áreas que recentemente foram encaminhadas para Leilão pela Caixa Econômica Federal.

O vereador André Meirinho indicou ao Poder Executivo a realização de um Decreto de Interesse Social das áreas, que foi aceito e publicado em março de 2019, o que foi fundamental para que não tivesse comprador para a área e permanecesse com a Caixa, conseguiu uma reunião com a CEF através da intermediação do senador Esperidião Amin e também encaminhou Moção de Apelo à Assembleia Legislativa para criação de um parque estadual.

(Praia de Taquarinhas - Divulgação/PMBC)

Com a publicação do Decreto, bem como abertura do diálogo feita pelo vereador, a continuidade das tratativas para viabilizar o parque ficou sob responsabilidade do Poder Executivo Municipal, necessitando da realização de estudos específicos das áreas para embasar a criação do Parque Natural de Taquarinhas, mais as articulações junto à CEF.

“A busca por alternativas para criação do parque continuam, segundo o deputado Ivan Naatz está sendo dado continuidade em âmbito estadual e há uma perspectiva de se ter uma posição da CEF em 30 dias. Continuamos com o engajamento com apoio da comunidade e, em especial, de representantes do Instituto Ideia, Comissão de Meio Ambiente da OAB e professores do Laboratório de Gestão Costeira da Univali, visando a preservação de Taquarinhas na forma de parque natural’, disse Meirinho.

Texto: André Mazocco

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade