Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Meio Ambiente
Programa Se Liga na Rede multa reincidente em mais de R$ 6 mil

A equipe estava em vistorias na rua e verificou a suspeita de vazamento de esgoto na via

Terça, 19/11/2019 18:49.
Divulgação/Emasa

Publicidade

Fiscais do programa Se Liga na Rede lacraram e aplicaram multa de 20 UFM ao dono de um estabelecimento comercial, por descarte irregular de resíduos na rede coletora de esgoto. A ação aconteceu nesta segunda-feira (18), durante vistoria do Programa, no Bairro Nova Esperança. O imóvel localizado na Rua Edgar Linhares é reincidente, sendo que em maio já havia sido penalizado pela mesma infração.

A equipe estava em vistorias na rua e verificou a suspeita de vazamento de esgoto na via. Ao realizar o teste de corante, identificou que o estabelecimento realizava o descarte dos dejetos sem tratamento prévio direto na rede coletora de esgoto. Com isso, a rede coletora não suportava a contribuição excessiva e vazava direto para a drenagem pluvial.

Como penalidade, por ser uma irregularidade grave - causar dano a rede de distribuição de água e esgotamento sanitário e ainda lançar esgoto na rede pluvial, via pública ou qualquer outro local - foi feito o lacre imediato e multa de 20 UFM por unidade autônoma pela reincidência.

“Neste caso, o lacre foi na água, já que outros imóveis também eram conectados na mesma Caixa de Inspeção e concedido o prazo de cinco dias para regularizar”, explicou a fiscal Sanitarista, Beatriz Nunes.

Lacres em ligações irregulares

Em novembro de 2018, o Programa passou a lacrar as ligações irregulares de esgoto, principalmente na região da Bacia do Marambaia, sendo uma das ações para a revitalização do Rio. Até o momento foram cerca de 93 lacres individuais e uma rede danificada, com mais de 100 contribuições, que acabava lançando esgoto diretamente na drenagem pluvial, tendo como destino final o Rio Marambaia. Até o momento, foram cerca de 193 ligações irregulares que deixaram de ter como destino os nossos rios.

Os moradores que precisarem verificar as ligações de rede ou tiverem seus esgotos lacrados podem procurar a Emasa para se regularizar. Dúvidas, denúncias e informações pelos Canais de Atendimento – SAC: 0800 643-6272 ou no Fala EMASA (WhatsApp comercial): (47) 3261-0000.


Fonte: Assessoria Comunicação/Emasa


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/Emasa

Programa Se Liga na Rede multa reincidente em mais de R$ 6 mil

A equipe estava em vistorias na rua e verificou a suspeita de vazamento de esgoto na via

Publicidade

Terça, 19/11/2019 18:49.

Fiscais do programa Se Liga na Rede lacraram e aplicaram multa de 20 UFM ao dono de um estabelecimento comercial, por descarte irregular de resíduos na rede coletora de esgoto. A ação aconteceu nesta segunda-feira (18), durante vistoria do Programa, no Bairro Nova Esperança. O imóvel localizado na Rua Edgar Linhares é reincidente, sendo que em maio já havia sido penalizado pela mesma infração.

A equipe estava em vistorias na rua e verificou a suspeita de vazamento de esgoto na via. Ao realizar o teste de corante, identificou que o estabelecimento realizava o descarte dos dejetos sem tratamento prévio direto na rede coletora de esgoto. Com isso, a rede coletora não suportava a contribuição excessiva e vazava direto para a drenagem pluvial.

Como penalidade, por ser uma irregularidade grave - causar dano a rede de distribuição de água e esgotamento sanitário e ainda lançar esgoto na rede pluvial, via pública ou qualquer outro local - foi feito o lacre imediato e multa de 20 UFM por unidade autônoma pela reincidência.

“Neste caso, o lacre foi na água, já que outros imóveis também eram conectados na mesma Caixa de Inspeção e concedido o prazo de cinco dias para regularizar”, explicou a fiscal Sanitarista, Beatriz Nunes.

Lacres em ligações irregulares

Em novembro de 2018, o Programa passou a lacrar as ligações irregulares de esgoto, principalmente na região da Bacia do Marambaia, sendo uma das ações para a revitalização do Rio. Até o momento foram cerca de 93 lacres individuais e uma rede danificada, com mais de 100 contribuições, que acabava lançando esgoto diretamente na drenagem pluvial, tendo como destino final o Rio Marambaia. Até o momento, foram cerca de 193 ligações irregulares que deixaram de ter como destino os nossos rios.

Os moradores que precisarem verificar as ligações de rede ou tiverem seus esgotos lacrados podem procurar a Emasa para se regularizar. Dúvidas, denúncias e informações pelos Canais de Atendimento – SAC: 0800 643-6272 ou no Fala EMASA (WhatsApp comercial): (47) 3261-0000.


Fonte: Assessoria Comunicação/Emasa


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade