Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Julgamento de Lucas Spernau por júri popular marcado para 6 de junho
Google.
Juri popular acontecerá no Fórum de Balneário Camboriú.

Quarta, 17/4/2019 9:47.

A justiça de Balneário Camboriú marcou para o próximo dia 6 de junho o julgamento por júri popular de Lucas Ricardo Spernau, acusado em acidente de trânsito ocorrido em 20 de dezembro de 2009 quando morreram três pessoas e outra ficou bastante ferida.

A camionete que ele dirigia colidiu com um táxi Fiat Pálio, matando o motorista Natalino Amaral Gomes (na época com 52 anos); Edval Dias de Oliveira (38) e Simone Borges Machado (27).

A namorada de Edival, Karina da Silva, ficou gravemente ferida, mas se recuperou.

A perícia constatou que por volta de 5h, ainda escuro, Lucas à época com 19 anos, dirigindo com os faróis apagados, em velocidade acima da permitida, cruzou o semáforo amarelo intermitente da Terceira Avenida e colidiu com o táxi.

Não ficou provado que Lucas estivesse sob efeito de álcool, discussão que levou o processo ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina e ao Superior Tribunal de Justiça.

A família de Lucas (ele é filho do ex-prefeito Rubens Spernau e de Lígia Spernau) pagou indenização aos herdeiros de todas as vítimas e o tratamento de Karina.

Atualmente, quase 10 anos após o acidente, Lucas é arquiteto, casado e continua residindo em Balneário Camboriú.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Julgamento de Lucas Spernau por júri popular marcado para 6 de junho

Google.
Juri popular acontecerá no Fórum de Balneário Camboriú.
Juri popular acontecerá no Fórum de Balneário Camboriú.

Publicidade

Quarta, 17/4/2019 9:47.

A justiça de Balneário Camboriú marcou para o próximo dia 6 de junho o julgamento por júri popular de Lucas Ricardo Spernau, acusado em acidente de trânsito ocorrido em 20 de dezembro de 2009 quando morreram três pessoas e outra ficou bastante ferida.

A camionete que ele dirigia colidiu com um táxi Fiat Pálio, matando o motorista Natalino Amaral Gomes (na época com 52 anos); Edval Dias de Oliveira (38) e Simone Borges Machado (27).

A namorada de Edival, Karina da Silva, ficou gravemente ferida, mas se recuperou.

A perícia constatou que por volta de 5h, ainda escuro, Lucas à época com 19 anos, dirigindo com os faróis apagados, em velocidade acima da permitida, cruzou o semáforo amarelo intermitente da Terceira Avenida e colidiu com o táxi.

Não ficou provado que Lucas estivesse sob efeito de álcool, discussão que levou o processo ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina e ao Superior Tribunal de Justiça.

A família de Lucas (ele é filho do ex-prefeito Rubens Spernau e de Lígia Spernau) pagou indenização aos herdeiros de todas as vítimas e o tratamento de Karina.

Atualmente, quase 10 anos após o acidente, Lucas é arquiteto, casado e continua residindo em Balneário Camboriú.

Publicidade

Publicidade