Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Justiça
Dado Dolabella pode ficar até dois meses na cadeia se não pagar pensão

Ele foi prso segunda-feira

Quarta, 7/2/2018 13:31.
Divulgação.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - Dado Dolabella, 37, pode ficar até dois meses na cadeia se não pagar a pensão alimentícia ao filho, fruto do relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves.

O artista foi preso nesta segunda (5) por policiais civis na região de Moema, zona sul de São Paulo, quando deixava o apartamento de um amigo.

Ele foi levado ao 5º DP (Aclimação). Na madrugada de terça (6), Dolabella foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e transferido ao 33º DP (Pirituba), onde permanece preso.

Segundo a polícia, o ator não pode pagar fiança para ser liberado e ficará detido por dois meses caso não pague R$ 196 mil de pensão atrasada. Dolabella também pode fazer um acordo na justiça com a mãe da criança para ser liberado.

O ator justificou a falta de pagamento dizendo que o valor da pensão está errado e de acordo com um salário que ele não recebe mais. "Os advogados vão recorrer. Eu queria dar muito mais para o meu filho. Que pai não quer?", disse em entrevista ao telejornal "Hora 1" (Globo).

Esta não é a primeira vez que o artista é preso pela mesma dívida com a mãe da criança. Em agosto de 2017, ele foi preso no Rio de Janeiro por não pagar mais de R$ 190 mil em pensão atrasada, mas foi liberado no dia seguinte.

Dolabella é pai de três filhos, fruto dos seus relacionamentos com a produtora Juliana Wolfer, a publicitária Viviane Sarahyba e Fabiana Vasconcelos Neves, que agora cobra o pagamento das pensões atrasadas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação.

Dado Dolabella pode ficar até dois meses na cadeia se não pagar pensão

Ele foi prso segunda-feira

Publicidade

Quarta, 7/2/2018 13:31.

(FOLHAPRESS) - Dado Dolabella, 37, pode ficar até dois meses na cadeia se não pagar a pensão alimentícia ao filho, fruto do relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves.

O artista foi preso nesta segunda (5) por policiais civis na região de Moema, zona sul de São Paulo, quando deixava o apartamento de um amigo.

Ele foi levado ao 5º DP (Aclimação). Na madrugada de terça (6), Dolabella foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e transferido ao 33º DP (Pirituba), onde permanece preso.

Segundo a polícia, o ator não pode pagar fiança para ser liberado e ficará detido por dois meses caso não pague R$ 196 mil de pensão atrasada. Dolabella também pode fazer um acordo na justiça com a mãe da criança para ser liberado.

O ator justificou a falta de pagamento dizendo que o valor da pensão está errado e de acordo com um salário que ele não recebe mais. "Os advogados vão recorrer. Eu queria dar muito mais para o meu filho. Que pai não quer?", disse em entrevista ao telejornal "Hora 1" (Globo).

Esta não é a primeira vez que o artista é preso pela mesma dívida com a mãe da criança. Em agosto de 2017, ele foi preso no Rio de Janeiro por não pagar mais de R$ 190 mil em pensão atrasada, mas foi liberado no dia seguinte.

Dolabella é pai de três filhos, fruto dos seus relacionamentos com a produtora Juliana Wolfer, a publicitária Viviane Sarahyba e Fabiana Vasconcelos Neves, que agora cobra o pagamento das pensões atrasadas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade