Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Artigo: Monumento ao Deus da Riqueza: uma análise simples e constrangedora

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Daniele Sisnandes/Página 3

Quarta, 2/3/2016 7:17.

Por Leandro Rodrigues da Silva

Fui para Laranjeiras no último fim de semana e passei pela obra da vergonha e maior símbolo da corrupção nesta cidade. Ao lado da Barra Sul, há uma sobreposição de estruturas - em um pequeno espaço, poluindo a paisagem e parecendo que a futura passarela será um trampolim particular para os moradores daqueles arranha-céus de concreto para o Rio Camboriú. Já ao lado da Barra, a maior tristeza. Não tinha visto a obra deste ângulo ainda. Descaracteriza a comunidade onde a cidade nasceu, tirando seu ar bucólico e enterrando sua vocação histórico-cultural de preservação de nossas origens.

A marina, na Barra Sul, há tempos também havia gerado impacto da mesma natureza, mas do lado da Barra os barcos e a atividade comercial (pesca) foram mantidos, formando um contraste interessante. Mas essa passarela, convenhamos... Com os 30 milhões gastos até agora poderíamos tornar a Barra um roteiro cultural-gastronômico, com um mercado público... tornando aquela região uma referência em outra forma de turismo - não este de massa predatório, que tentam perpetuar mas está com seus dias contados.

Agora os erros: o vão da passarela, no lado da Barra, avança sobre o espaço da Praça do Pescador e sobre o comércio. Simplesmente horrível e desalinhada. Fizeram financiamento público paraconstruir este monstrengo, e a Casa Linhares - uma das mais tradicionais residências do município, tombada - como se pode ver in loco, está largada as traças. E onde as torres foram erguidas na Barra havia outra praça - José Domingos Pinheiro, que foi criada pela Lei 2134/2002. Derrubaram a praça e aí, não vão reconstruí-la em outro espaço no mesmo bairro? Medidas mitigatórias valem somente para obras da iniciativa privada?

Com a palavra os vereadores e o Conselho da Cidade.

Leandro Rodrigues da Silva é administrador público e assessor parlamentar no Senado Federal

Opinião publicada na edição impressa do dia 27 de fevereiro

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Educação

A comunidade de toda região está convidada para opinar


Eleições

Ele é surdo e por isso conhece as dificuldades enfrentadas por pessoas em situação semelhante 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Saúde

Destaque para o Dia D contra sarampo e polio  


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade