Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Velórios, cremações e sepultamentos sofrem mudanças por conta do Coronavírus

Segunda, 23/3/2020 11:55.
Divulgação

Publicidade

Os velórios, cremações e sepultamentos seguem acontecendo em Balneário Camboriú, mas por conta do Coronavírus sofreram alterações no tempo de duração – no caso dos velórios. Confira.

Cemitério Municipal

A diretora de Patrimônio da Secretaria de Gestão Administrativa de Balneário Camboriú, Claudineia da Costa Wolff, a Zezé, explica que os funcionários do Cemitério Municipal, no Bairro da Barra, estão trabalhando apenas nos plantões de sepultamento, com rodízio entre a equipe.

“Os óbitos saem com a DO (declaração de óbito) do hospital assinada pelo médico e o cartório também está trabalhando na escala de plantão para confecção da certidão de óbito”, diz.

Segundo Zezé, funerárias conveniadas ao município seguem trabalhando em escala conforme calendário pré-estabelecido no início do ano e por ser um serviço essencial não houve alteração por conta do Coronavírus.

“Ao serem atendidas pelo plantonista no cemitério as famílias são avisadas de que não é permitido aglomerações. Os velórios estão reunindo apenas os familiares e com no máximo de 5 horas de duração até o preparo do local para sepultamento. A comunidade está aceitando muito bem as medidas adotadas”, conta.

A diretora lembra que o município também disponibiliza gratuitamente a cremação social para famílias carentes, através do Crematório Athenas, que fica em Itajaí.

“O velório acontece na capela mortuária que fica anexo ao cemitério ou onde a família quiser velar seu ente querido, que após isso é levado pela funerária para o crematório”, completa.

O cemitério possui os seguintes contatos de plantão: Valéria Lúcia Lehmkuhl – coordenadora, fone (47) 9963-7259, e Rosane Aparecida Silva – plantonista, fone (47) 9965-63344.

Crematório Vaticano

O Crematório Vaticano, que fica na BR-101, ao lado da UniAvan, também adotou medidas por conta do Coronavírus. O gerente do local, Odair Luciano Pereira, explica que os velórios estão durando no máximo duas horas e que não estão fazendo as cerimônias de despedida.

“Depois do velório a cremação acontece direto. Também não estamos fazendo velório à noite, para evitar circulação de pessoas. Podem ficar apenas 10 pessoas por vez nos velórios”, diz.

Segundo Odair, as famílias estão aceitando ‘muito bem’ as mudanças e inclusive há pessoas que optaram por cremar direto o ente querido, sem fazer velório. “Quando houver morte por Coronavírus vamos ver como proceder, mas já sabemos que provavelmente o caixão virá lacrado, teremos que higienizá-lo e não poderemos abri-lo durante o velório”, acrescenta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Velórios, cremações e sepultamentos sofrem mudanças por conta do Coronavírus

Publicidade

Segunda, 23/3/2020 11:55.

Os velórios, cremações e sepultamentos seguem acontecendo em Balneário Camboriú, mas por conta do Coronavírus sofreram alterações no tempo de duração – no caso dos velórios. Confira.

Cemitério Municipal

A diretora de Patrimônio da Secretaria de Gestão Administrativa de Balneário Camboriú, Claudineia da Costa Wolff, a Zezé, explica que os funcionários do Cemitério Municipal, no Bairro da Barra, estão trabalhando apenas nos plantões de sepultamento, com rodízio entre a equipe.

“Os óbitos saem com a DO (declaração de óbito) do hospital assinada pelo médico e o cartório também está trabalhando na escala de plantão para confecção da certidão de óbito”, diz.

Segundo Zezé, funerárias conveniadas ao município seguem trabalhando em escala conforme calendário pré-estabelecido no início do ano e por ser um serviço essencial não houve alteração por conta do Coronavírus.

“Ao serem atendidas pelo plantonista no cemitério as famílias são avisadas de que não é permitido aglomerações. Os velórios estão reunindo apenas os familiares e com no máximo de 5 horas de duração até o preparo do local para sepultamento. A comunidade está aceitando muito bem as medidas adotadas”, conta.

A diretora lembra que o município também disponibiliza gratuitamente a cremação social para famílias carentes, através do Crematório Athenas, que fica em Itajaí.

“O velório acontece na capela mortuária que fica anexo ao cemitério ou onde a família quiser velar seu ente querido, que após isso é levado pela funerária para o crematório”, completa.

O cemitério possui os seguintes contatos de plantão: Valéria Lúcia Lehmkuhl – coordenadora, fone (47) 9963-7259, e Rosane Aparecida Silva – plantonista, fone (47) 9965-63344.

Crematório Vaticano

O Crematório Vaticano, que fica na BR-101, ao lado da UniAvan, também adotou medidas por conta do Coronavírus. O gerente do local, Odair Luciano Pereira, explica que os velórios estão durando no máximo duas horas e que não estão fazendo as cerimônias de despedida.

“Depois do velório a cremação acontece direto. Também não estamos fazendo velório à noite, para evitar circulação de pessoas. Podem ficar apenas 10 pessoas por vez nos velórios”, diz.

Segundo Odair, as famílias estão aceitando ‘muito bem’ as mudanças e inclusive há pessoas que optaram por cremar direto o ente querido, sem fazer velório. “Quando houver morte por Coronavírus vamos ver como proceder, mas já sabemos que provavelmente o caixão virá lacrado, teremos que higienizá-lo e não poderemos abri-lo durante o velório”, acrescenta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade