Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Dois estabelecimentos fechados por desrespeito às normas de proteção ao Coronavírus em Balneário Camboriú

Segunda, 11/5/2020 17:27.
Divulgação/PMBC

Publicidade

Dois estabelecimentos, um bar e um lounge de narguilé, foram fechados neste fim de semana pela equipe da fiscalização da prefeitura e Polícia Militar em Balneário Camboriú por desrespeitarem as normas de proteção contra o Coronavírus. As equipes também fizeram uma blitz educativa na praia central e seguem fiscalizando as filas nas agências bancárias e lotéricas.

Estabelecimentos fechados

O diretor de fiscalização de Obras, Planejamento e Posturas da prefeitura, Matheus Rafaeli, explica que estão monitorando os comércios da cidade junto com a PM e apoio também do Corpo de Bombeiros. Foram visitados no fim de semana cerca de 30 bares e lounges de narguilé, e dois (um de cada) precisaram ser fechados; sendo que um foi interditado por não cumprir também, segundo Matheus, regras básicas de higiene.

Assim como na fiscalização do último fim de semana, o ‘ponto mais alto’ que fez o bar e o lounge serem fechados foi a aglomeração de pessoas.

“Esses dois estabelecimentos não estavam fazendo o controle do fluxo de pessoas, havia muita gente, e desrespeitando as normas”, diz.

Blitz educativa na praia central

A praia central também foi alvo de uma ação no fim de semana, uma blitz educativa realizada a pedido do prefeito Fabrício Oliveira. Os fiscais e agentes de trânsito atuaram na ciclofaixa da Avenida Atlântica, onde pararam pessoas que estavam sem máscara.

“Quem não tinha máscara nós entregamos para que colocassem. Foi um trabalho bem produtivo, fizemos sábado e domingo (9 e 10) de manhã até às 18h. Não é questão de penalizar e sim de proteger quem está se cuidando e compartilhando desse espaço e que poderiam ser contaminadas por outras pessoas que estavam sem máscara”, explica.

Ações pelos bairros

O diretor aproveita para destacar que ações seguem sendo feitas diariamente pelos bairros da cidade, com o uso de carros de som e apoio da Guarda Municipal cobrando o uso da máscara por parte das pessoas, nas ruas e comércios.

Lotéricas e bancos também

As lotéricas e agências bancárias da cidade seguem sendo fiscalizadas. Nas duas últimas semanas grandes filas se formaram principalmente nas unidades da Caixa Econômica Federal, por conta do auxílio emergencial. Fiscais precisaram organizar e fiscalizar as filas, pois a comunidade não estava tomando as devidas precauções, como a distância de 1,5m. Segundo Matheus, as filas seguem sendo fiscalizadas, mas agora elas estão acontecendo de forma mais organizada e respeitando as recomendações de saúde.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Dois estabelecimentos fechados por desrespeito às normas de proteção ao Coronavírus em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 11/5/2020 17:27.

Dois estabelecimentos, um bar e um lounge de narguilé, foram fechados neste fim de semana pela equipe da fiscalização da prefeitura e Polícia Militar em Balneário Camboriú por desrespeitarem as normas de proteção contra o Coronavírus. As equipes também fizeram uma blitz educativa na praia central e seguem fiscalizando as filas nas agências bancárias e lotéricas.

Estabelecimentos fechados

O diretor de fiscalização de Obras, Planejamento e Posturas da prefeitura, Matheus Rafaeli, explica que estão monitorando os comércios da cidade junto com a PM e apoio também do Corpo de Bombeiros. Foram visitados no fim de semana cerca de 30 bares e lounges de narguilé, e dois (um de cada) precisaram ser fechados; sendo que um foi interditado por não cumprir também, segundo Matheus, regras básicas de higiene.

Assim como na fiscalização do último fim de semana, o ‘ponto mais alto’ que fez o bar e o lounge serem fechados foi a aglomeração de pessoas.

“Esses dois estabelecimentos não estavam fazendo o controle do fluxo de pessoas, havia muita gente, e desrespeitando as normas”, diz.

Blitz educativa na praia central

A praia central também foi alvo de uma ação no fim de semana, uma blitz educativa realizada a pedido do prefeito Fabrício Oliveira. Os fiscais e agentes de trânsito atuaram na ciclofaixa da Avenida Atlântica, onde pararam pessoas que estavam sem máscara.

“Quem não tinha máscara nós entregamos para que colocassem. Foi um trabalho bem produtivo, fizemos sábado e domingo (9 e 10) de manhã até às 18h. Não é questão de penalizar e sim de proteger quem está se cuidando e compartilhando desse espaço e que poderiam ser contaminadas por outras pessoas que estavam sem máscara”, explica.

Ações pelos bairros

O diretor aproveita para destacar que ações seguem sendo feitas diariamente pelos bairros da cidade, com o uso de carros de som e apoio da Guarda Municipal cobrando o uso da máscara por parte das pessoas, nas ruas e comércios.

Lotéricas e bancos também

As lotéricas e agências bancárias da cidade seguem sendo fiscalizadas. Nas duas últimas semanas grandes filas se formaram principalmente nas unidades da Caixa Econômica Federal, por conta do auxílio emergencial. Fiscais precisaram organizar e fiscalizar as filas, pois a comunidade não estava tomando as devidas precauções, como a distância de 1,5m. Segundo Matheus, as filas seguem sendo fiscalizadas, mas agora elas estão acontecendo de forma mais organizada e respeitando as recomendações de saúde.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade