Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Projeto de Balneário Camboriú ganha prêmio nacional

Sábado, 22/2/2020 17:59.
Divulgação
Integração faz bem pra todos, gera saúde e felicidade, diz Christina

Publicidade

O projeto 'Tudo Junto e Misturado - Todas as tribos interagindo no mesmo espaço' foi um dos selecionados na categoria Dimensão/Respeito e Inclusão Social (região sul) do Mapeamento de Boas Práticas em Ações Voltadas para Melhoria da Qualidade de Vida da População Idosa.

O resultado do Mapeamento foi divulgado ontem(21) pelo Ministério da Cidadania.

A iniciativa é do Departamento de Atenção ao Idoso, com apoio da Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Todos os municípios que integram a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa foram convidados para inscrever suas experiências municipais. Foram inscritas 485 experiências e foram selecionadas 177 de 124 países que participaram das várias categorias do Mapeamento.

Os municípios que se destacaram serão chamados pelo Ministério da Cidadania para apresentar suas experiências e alguns municípios serão visitados por representantes do ministério.

O projeto de Balneário Camboriú está entre os destaques. A secretária da Inclusão Social, Christina Barrichello, autora do projeto, disse que ficou surpresa e emocionada. Ela disse que o projeto se originou da prática que desenvolve na Inclusão Social em todos os centros de convivência, mas principalmente no centro da Casa da Mulher e do Voluntariado.

Christina (D) surpresa com a premiação

"Ali realmente existe está convivência intergeracional, onde têm os cursos para doulas ou seja todo curso de Vida, Baby class, esportes e línguas para crianças. A mãe leva o filho, a vó leva o neto e todos praticam e convivem num ambiente harmonioso. Está provado cientificamente que está convivência agrega valores", comentou.

Ela citou o exemplo de um idoso que joga xadrez com um adolescente. Os dois ganham. O jovem aprende com a vivência do mais velho e este vai interagindo nesse mundo novo, até o vocabulário vai mudar, até gírias eles começam a usar.

"Tudo isso é pra gerar felicidade, é disso que às pessoas precisam, fazer exercícios, gerar serotonina, saúde no corpo e sobretudo interagir. Hoje o que há de mais moderno no mundo é a interação entre jovens e idosos, faz com que todos tenham um sentido de vida, exercendo os papéis de cada um e principalmente interagindo", disse Christina.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Integração faz bem pra todos, gera saúde e felicidade, diz Christina
Integração faz bem pra todos, gera saúde e felicidade, diz Christina

Projeto de Balneário Camboriú ganha prêmio nacional

Publicidade

Sábado, 22/2/2020 17:59.

O projeto 'Tudo Junto e Misturado - Todas as tribos interagindo no mesmo espaço' foi um dos selecionados na categoria Dimensão/Respeito e Inclusão Social (região sul) do Mapeamento de Boas Práticas em Ações Voltadas para Melhoria da Qualidade de Vida da População Idosa.

O resultado do Mapeamento foi divulgado ontem(21) pelo Ministério da Cidadania.

A iniciativa é do Departamento de Atenção ao Idoso, com apoio da Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Todos os municípios que integram a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa foram convidados para inscrever suas experiências municipais. Foram inscritas 485 experiências e foram selecionadas 177 de 124 países que participaram das várias categorias do Mapeamento.

Os municípios que se destacaram serão chamados pelo Ministério da Cidadania para apresentar suas experiências e alguns municípios serão visitados por representantes do ministério.

O projeto de Balneário Camboriú está entre os destaques. A secretária da Inclusão Social, Christina Barrichello, autora do projeto, disse que ficou surpresa e emocionada. Ela disse que o projeto se originou da prática que desenvolve na Inclusão Social em todos os centros de convivência, mas principalmente no centro da Casa da Mulher e do Voluntariado.

Christina (D) surpresa com a premiação

"Ali realmente existe está convivência intergeracional, onde têm os cursos para doulas ou seja todo curso de Vida, Baby class, esportes e línguas para crianças. A mãe leva o filho, a vó leva o neto e todos praticam e convivem num ambiente harmonioso. Está provado cientificamente que está convivência agrega valores", comentou.

Ela citou o exemplo de um idoso que joga xadrez com um adolescente. Os dois ganham. O jovem aprende com a vivência do mais velho e este vai interagindo nesse mundo novo, até o vocabulário vai mudar, até gírias eles começam a usar.

"Tudo isso é pra gerar felicidade, é disso que às pessoas precisam, fazer exercícios, gerar serotonina, saúde no corpo e sobretudo interagir. Hoje o que há de mais moderno no mundo é a interação entre jovens e idosos, faz com que todos tenham um sentido de vida, exercendo os papéis de cada um e principalmente interagindo", disse Christina.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade