Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Violência contra mulher cresceu na pandemia

Univali preparou live sobre o assunto

Terça, 4/8/2020 11:20.

Publicidade

O Diretório Central dos Estudantes da Univali, por meio da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, preparou evento online sobre a violência contra a mulher em períodos de distanciamento social em Santa Catarina, a partir de uma abordagem pluridimensional. Será na próxima quinta-feira (6), às 19h.
Com a pandemia da Covid-19, ampliou-se a preocupação com a situação da violência doméstica e familiar. No Brasil, de acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), os casos de feminicídio cresceram 22,2% entre março e abril deste ano, em 12 estados do país, comparativamente ao ano passado. Ainda segundo informações recentes, em abril de 2020 a quarentena já havia sido decretada em todos os estados brasileiros, e foi exatamente quando a procura por um socorro, mediante violência doméstica, aumentou 37,6%.
As discussões sobre o tema serão mediadas pelos seguintes convidados: Maria Paulina Pereira da Silva, enfermeira e supervisora de Áreas Prioritárias da Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí, Saúde do Idoso e População Negra; Marina Corbetta Benedet, psicóloga clínica, bailarina e docente da Escola de Ciências da Saúde da Univali; e Rafael Luiz Maschio, pesquisador na área de gêneros, masculinidades e violência, que atua como palestrante no grupo Refletir, programa do poder judiciário junto a homens autores de violência desde 2016.
O evento é gratuito e aberto ao público interessado.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Violência contra mulher cresceu na pandemia

Univali preparou live sobre o assunto

Publicidade

Terça, 4/8/2020 11:20.
O Diretório Central dos Estudantes da Univali, por meio da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, preparou evento online sobre a violência contra a mulher em períodos de distanciamento social em Santa Catarina, a partir de uma abordagem pluridimensional. Será na próxima quinta-feira (6), às 19h.
Com a pandemia da Covid-19, ampliou-se a preocupação com a situação da violência doméstica e familiar. No Brasil, de acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), os casos de feminicídio cresceram 22,2% entre março e abril deste ano, em 12 estados do país, comparativamente ao ano passado. Ainda segundo informações recentes, em abril de 2020 a quarentena já havia sido decretada em todos os estados brasileiros, e foi exatamente quando a procura por um socorro, mediante violência doméstica, aumentou 37,6%.
As discussões sobre o tema serão mediadas pelos seguintes convidados: Maria Paulina Pereira da Silva, enfermeira e supervisora de Áreas Prioritárias da Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí, Saúde do Idoso e População Negra; Marina Corbetta Benedet, psicóloga clínica, bailarina e docente da Escola de Ciências da Saúde da Univali; e Rafael Luiz Maschio, pesquisador na área de gêneros, masculinidades e violência, que atua como palestrante no grupo Refletir, programa do poder judiciário junto a homens autores de violência desde 2016.
O evento é gratuito e aberto ao público interessado.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade