Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Após ter obra embargada, construtora da família de Auri Pavoni emite nota de esclarecimento

Quinta, 9/4/2020 7:13.
Google.

Publicidade

A P&P Construtora e Incorporadora Ltda., pertencente à família do pré-candidato a prefeito Auri Pavoni, emitiu nota de esclarecimento a respeito de uma obra de sua propriedade que foi embargada pela prefeitura na última sexta-feira.

Além de ser pré-candidato a prefeito, Auri Pavoni está processando, por difamação, o secretário interino do Planejamento de Balneário Camboriú, Vladimir Marcolin Trautwein.

Consultado pela reportagem o prefeito Fabrício Oliveira respondeu que “não sirvo para perseguir ninguém e nem para fazer pilantragem com política”.

A nota divulgada pela construtora é esta:

Nota de Esclarecimento

Diante da notícia veiculada em periódico local nesta quarta-feira, 08/04/2020, com o título “Edifício da construtora Pavoni é embargado por dobrar o número de andares permitidos”, a P&P Construtora e Incorporadora Ltda. esclarece:

Em 3 de abril deste ano uma obra da empresa foi fiscalizada pelo município de Balneário Camboriú e embargada (Termo de Embargo 2623/2020) o qual apontou “execução em desacordo com os artigos 13 e 15 da Lei 300/74”.

Sem entender as razões do embargo, os responsáveis pela obra se dirigiram ao setor competente da municipalidade quando foram informados pelo secretário de planejamento que o motivo foi a falta de Alvará de Construção, válido. Prontamente foi demonstrado que o Alvará de Construção existe e possui validade até agosto de 2020, não se tratando, portanto, de obra clandestina.

Em seguida, o referido secretário alegou que a construção desrespeitou o permitido, o que também não procede, pois a obra está sendo construída dentro dos índices que a legislação municipal permite.

A P&P Construtora e Incorporadora Ltda. possui tradição e credibilidade no mercado imobiliário de Balneário Camboriú, se pautando ao longo de sua existência por respeitar a lei. Dessa forma, apresentará as justificativas e documentos necessários para que o embargo seja revisto, uma vez que a obra está sendo construída, com respeito aos índices permitidos pelo plano diretor vigente.

Balneário Camboriú, 08 de abril de 2020.
Felipe Pavoni
Diretor


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Google.

Após ter obra embargada, construtora da família de Auri Pavoni emite nota de esclarecimento

Publicidade

Quinta, 9/4/2020 7:13.

A P&P Construtora e Incorporadora Ltda., pertencente à família do pré-candidato a prefeito Auri Pavoni, emitiu nota de esclarecimento a respeito de uma obra de sua propriedade que foi embargada pela prefeitura na última sexta-feira.

Além de ser pré-candidato a prefeito, Auri Pavoni está processando, por difamação, o secretário interino do Planejamento de Balneário Camboriú, Vladimir Marcolin Trautwein.

Consultado pela reportagem o prefeito Fabrício Oliveira respondeu que “não sirvo para perseguir ninguém e nem para fazer pilantragem com política”.

A nota divulgada pela construtora é esta:

Nota de Esclarecimento

Diante da notícia veiculada em periódico local nesta quarta-feira, 08/04/2020, com o título “Edifício da construtora Pavoni é embargado por dobrar o número de andares permitidos”, a P&P Construtora e Incorporadora Ltda. esclarece:

Em 3 de abril deste ano uma obra da empresa foi fiscalizada pelo município de Balneário Camboriú e embargada (Termo de Embargo 2623/2020) o qual apontou “execução em desacordo com os artigos 13 e 15 da Lei 300/74”.

Sem entender as razões do embargo, os responsáveis pela obra se dirigiram ao setor competente da municipalidade quando foram informados pelo secretário de planejamento que o motivo foi a falta de Alvará de Construção, válido. Prontamente foi demonstrado que o Alvará de Construção existe e possui validade até agosto de 2020, não se tratando, portanto, de obra clandestina.

Em seguida, o referido secretário alegou que a construção desrespeitou o permitido, o que também não procede, pois a obra está sendo construída dentro dos índices que a legislação municipal permite.

A P&P Construtora e Incorporadora Ltda. possui tradição e credibilidade no mercado imobiliário de Balneário Camboriú, se pautando ao longo de sua existência por respeitar a lei. Dessa forma, apresentará as justificativas e documentos necessários para que o embargo seja revisto, uma vez que a obra está sendo construída, com respeito aos índices permitidos pelo plano diretor vigente.

Balneário Camboriú, 08 de abril de 2020.
Felipe Pavoni
Diretor


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade