Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Associação Catarinense de Autismo receberá R$ 155 mil da Celesc nesta quinta
Divulgação/AmaLitoral
Diretoria AMA Litoral, da esquerda para a direita: Eduardo Frota, Fernanda Greice Hoeller, Claudia Rocha Santos, Cátia Franzoi, Geovana Reichardt, Ângela Correa, Milene Becker e Lino Carlos Franzoi.

Quarta, 4/9/2019 17:51.

A Associação Catarinense de Autismo (ASCA) vai receber nesta quinta-feira (5) R$ 155 mil do presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins. A solenidade de entrega será na AMA Litoral, de Balneário Camboriú, às 14h. A ASCA é uma das três entidades beneficiadas com as doações arrecadadas dos consumidores que participaram da 5ª edição do projeto Bônus Eficiente. O valor será distribuído para as AMAs associadas à entidade estadual.

Segundo a assessoria da Celesc, por meio desse projeto são oferecidos equipamentos elétricos com 50% de desconto em relação ao preço de mercado na troca por um equipamento antigo e, na compra, os consumidores doam R$ 50 para entidades pré-selecionadas, como foi o caso da ASCA, da Associação de Síndrome de Down (Joinville) e do Asilo São Vicente de Paulo (Criciúma). Ao total, foram arrecadados R$ 465 mil.

A coordenadora administrativa da AMA Litoral de Balneário, Cátia Franzoi, conta que o valor será destinado a AMAs de outras cidades também, e não só de Balneário Camboriú, para melhorias necessárias. O valor entregue será definido pela ASCA.

Atualmente, a entidade de Balneário atende mais de 60 autistas, mas tem outros 100 esperando na fila para serem atendidos. Na realidade, se juntar o trabalho psicossocial que atende ainda os familiares dos autistas são quase 300 pessoas atendidas. Para cuidar dessas crianças e adolescentes, a AMA BC tem hoje aproximadamente 20 colaboradores. O custo alcança a média de R$ 45 mil/mês. Cada paciente custa R$ 1,2 mil/mês.

A instituição conta atualmente com uma parceria com o governo municipal, que paga parte dos profissionais que lá atuam. O restante é pago com recursos próprios da instituição, obtidos através de doações – como essa da Celesc; além ainda de campanhas como pedágios, rifas, troco solidário e jantares (o último foi realizado no Dia dos Pais).

Informações de como ajudar a AMA de Balneário podem ser obtidas através do (47) 3264-0244. A entidade fica na rua 2.080, nº 51, no centro da cidade.

Saiba mais

Nesta quinta edição do Bônus Eficiente, que aconteceu de janeiro a maio, foram substituídos 4,5 mil refrigeradores, 2,7 mil aparelhos de ar condicionado split e 2,3 mil freezers, além de 55 mil lâmpadas fluorescente por lâmpadas de led, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica com o uso de produtos mais eficientes.

Nas cinco edições realizadas até agora, a Celesc estima a redução de 56 GWh de energia elétrica por ano, com a substituição dos equipamentos antigos por novos e eficientes. Este volume corresponde ao consumo de cerca de 280 mil residências por um mês, dentro da área de concessão da Celesc.

Desde a primeira edição, em 2013, mais de 514 mil catarinenses já foram atendidos pela iniciativa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética Aneel/Celesc 

Pedágio AMA Litoral, uma das ações que a entidade realiza para conseguir doações

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Associação Catarinense de Autismo receberá R$ 155 mil da Celesc nesta quinta

Divulgação/AmaLitoral
Diretoria AMA Litoral, da esquerda para a direita: Eduardo Frota, Fernanda Greice Hoeller, Claudia Rocha Santos, Cátia Franzoi, Geovana Reichardt, Ângela Correa, Milene Becker e Lino Carlos Franzoi.
Diretoria AMA Litoral, da esquerda para a direita: Eduardo Frota, Fernanda Greice Hoeller, Claudia Rocha Santos, Cátia Franzoi, Geovana Reichardt, Ângela Correa, Milene Becker e Lino Carlos Franzoi.

Publicidade

Quarta, 4/9/2019 17:51.

A Associação Catarinense de Autismo (ASCA) vai receber nesta quinta-feira (5) R$ 155 mil do presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins. A solenidade de entrega será na AMA Litoral, de Balneário Camboriú, às 14h. A ASCA é uma das três entidades beneficiadas com as doações arrecadadas dos consumidores que participaram da 5ª edição do projeto Bônus Eficiente. O valor será distribuído para as AMAs associadas à entidade estadual.

Segundo a assessoria da Celesc, por meio desse projeto são oferecidos equipamentos elétricos com 50% de desconto em relação ao preço de mercado na troca por um equipamento antigo e, na compra, os consumidores doam R$ 50 para entidades pré-selecionadas, como foi o caso da ASCA, da Associação de Síndrome de Down (Joinville) e do Asilo São Vicente de Paulo (Criciúma). Ao total, foram arrecadados R$ 465 mil.

A coordenadora administrativa da AMA Litoral de Balneário, Cátia Franzoi, conta que o valor será destinado a AMAs de outras cidades também, e não só de Balneário Camboriú, para melhorias necessárias. O valor entregue será definido pela ASCA.

Atualmente, a entidade de Balneário atende mais de 60 autistas, mas tem outros 100 esperando na fila para serem atendidos. Na realidade, se juntar o trabalho psicossocial que atende ainda os familiares dos autistas são quase 300 pessoas atendidas. Para cuidar dessas crianças e adolescentes, a AMA BC tem hoje aproximadamente 20 colaboradores. O custo alcança a média de R$ 45 mil/mês. Cada paciente custa R$ 1,2 mil/mês.

A instituição conta atualmente com uma parceria com o governo municipal, que paga parte dos profissionais que lá atuam. O restante é pago com recursos próprios da instituição, obtidos através de doações – como essa da Celesc; além ainda de campanhas como pedágios, rifas, troco solidário e jantares (o último foi realizado no Dia dos Pais).

Informações de como ajudar a AMA de Balneário podem ser obtidas através do (47) 3264-0244. A entidade fica na rua 2.080, nº 51, no centro da cidade.

Saiba mais

Nesta quinta edição do Bônus Eficiente, que aconteceu de janeiro a maio, foram substituídos 4,5 mil refrigeradores, 2,7 mil aparelhos de ar condicionado split e 2,3 mil freezers, além de 55 mil lâmpadas fluorescente por lâmpadas de led, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica com o uso de produtos mais eficientes.

Nas cinco edições realizadas até agora, a Celesc estima a redução de 56 GWh de energia elétrica por ano, com a substituição dos equipamentos antigos por novos e eficientes. Este volume corresponde ao consumo de cerca de 280 mil residências por um mês, dentro da área de concessão da Celesc.

Desde a primeira edição, em 2013, mais de 514 mil catarinenses já foram atendidos pela iniciativa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética Aneel/Celesc 

Pedágio AMA Litoral, uma das ações que a entidade realiza para conseguir doações

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade