Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Chuva causa queda de árvores e até quebra de vidraça de loja em Balneário Camboriú

Terça, 15/10/2019 17:26.

Publicidade

Fortes ventos atingiram Balneário Camboriú na noite de ontem (14) e uma frente fria se desloca pelo Estado, causando tempo instável até o fim da semana. Houve ocorrências como queda de árvores e de tapume e até a vidraça de uma loja quebrou.

Segundo a Defesa Civil, houve queda de árvores na Avenida Interpraias e na Rua Angelina, no Bairro dos Municípios. Também na Rua Angelina o vento forte quebrou a vidraça de uma loja.

Na Avenida do Estado caiu um tapume, e alguns pontos da cidade ficaram sem energia elétrica. Foi registrado também o avanço do mar sobre a avenida Atlântica.

A Defesa Civil emitiu alerta de mar agitado, que iniciou ontem e vai até sexta-feira (18) às 12h, podendo ter ondas com picos de altura entre 2 a 3 metros.

O órgão orienta que deve-se evitar as atividades de navegação e pesca, também o banho de mar e a prática de esportes náuticos.

Ocorrências devem ser informadas à diretoria da Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou Corpo de Bombeiros 193.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Chuva causa queda de árvores e até quebra de vidraça de loja em Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 15/10/2019 17:26.

Fortes ventos atingiram Balneário Camboriú na noite de ontem (14) e uma frente fria se desloca pelo Estado, causando tempo instável até o fim da semana. Houve ocorrências como queda de árvores e de tapume e até a vidraça de uma loja quebrou.

Segundo a Defesa Civil, houve queda de árvores na Avenida Interpraias e na Rua Angelina, no Bairro dos Municípios. Também na Rua Angelina o vento forte quebrou a vidraça de uma loja.

Na Avenida do Estado caiu um tapume, e alguns pontos da cidade ficaram sem energia elétrica. Foi registrado também o avanço do mar sobre a avenida Atlântica.

A Defesa Civil emitiu alerta de mar agitado, que iniciou ontem e vai até sexta-feira (18) às 12h, podendo ter ondas com picos de altura entre 2 a 3 metros.

O órgão orienta que deve-se evitar as atividades de navegação e pesca, também o banho de mar e a prática de esportes náuticos.

Ocorrências devem ser informadas à diretoria da Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou Corpo de Bombeiros 193.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade