Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Dias das Mães: comerciantes esperam aumento nas vendas

É a segunda data do ano mais movimentada no comércio

Quinta, 9/5/2019 11:09.
Divulgação

Publicidade

O Dia das Mães é neste domingo (12) e além de ser uma data especial para as famílias é também a segunda mais movimentada no comércio, perdendo apenas para o Natal. Os lojistas de Balneário Camboriú esperam pelo menos 5% de aumento nas vendas em relação a 2018. Porém, 18% dos participantes da pesquisa feita pela CDL estão com expectativas negativas.

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú realizou um levantamento sobre o Dia das Mães, o qual os lojistas consideram ‘o Natal do primeiro semestre’. De acordo com os números da pesquisa, 37,5% dos comerciantes entrevistados devem ter aumento de 5% nas vendas para a data. Para 25%, este índice pode chegar a 10% e para 18,75% o aumento no volume das vendas pode ser superior a 10%. O índice de 18,5% também corresponde ao número de consumidores que acredita as vendas para o período serão negativas.

A pesquisa aponta ainda que para 31,25%, o gasto médio dos consumidores da cidade com o presente do Dia das Mães vai variar entre R$ 51 e R$ 100. Para 25%, o valor médio dos gastos deve girar entre R$ 100 e R$ 150. Há também 25% que acredite que o valor dispensado ao presente das mães vai variar entre R$ 151 e R$ 200. Os mais otimistas (6,25%) consideram que este gasto supere R$ 200.

A pesquisa detectou ainda que, entre os itens que devem liderar as vendas, o vestuário aparece em primeiro lugar com 31,2%. Calçados e cosméticos vêm empatados em segundo lugar com 18,75%. A presidente da CDL de Balneário Camboriú, Eliane Colla, explica que a expectativa de aumento das vendas para o Dia das Mães é um reflexo também da confiança do empresariado com a retomada da economia e a política de preços praticados pelos lojistas, que permitiu fazer algumas ofertas.

Procon dá dicas

Pensando no aumento das vendas, o Fundo Municipal de Defesa dos Direitos do Consumidor de Balneário (Procon/BC) divulgou dicas e orientações que valem ser analisadas na hora da compra dos presentes para as mães. Por exemplo, quem optar por fazer compra online deve redobrar a atenção, já que é comum sites falsos aparecerem com promoções com preços muito abaixo do mercado.

O ideal é comprar em sites mais conhecidos e que apresentem CNPJ e identificação ou pesquisar bem sobre o vendedor. Vale lembrar, também, que o Código de Defesa do Consumidor permite a desistência da compra virtual, independente do motivo, no prazo de sete dias da contratação ou do recebimento do produto. O consumidor tem direito de receber o valor integral pago pelo produto. Nas lojas físicas a desistência não é contemplada, já que o consumidor pôde ver e manusear o produto. Há normalmente a opção de troca, principalmente em casos de roupas e calçados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Dias das Mães: comerciantes esperam aumento nas vendas

É a segunda data do ano mais movimentada no comércio

Publicidade

Quinta, 9/5/2019 11:09.

O Dia das Mães é neste domingo (12) e além de ser uma data especial para as famílias é também a segunda mais movimentada no comércio, perdendo apenas para o Natal. Os lojistas de Balneário Camboriú esperam pelo menos 5% de aumento nas vendas em relação a 2018. Porém, 18% dos participantes da pesquisa feita pela CDL estão com expectativas negativas.

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú realizou um levantamento sobre o Dia das Mães, o qual os lojistas consideram ‘o Natal do primeiro semestre’. De acordo com os números da pesquisa, 37,5% dos comerciantes entrevistados devem ter aumento de 5% nas vendas para a data. Para 25%, este índice pode chegar a 10% e para 18,75% o aumento no volume das vendas pode ser superior a 10%. O índice de 18,5% também corresponde ao número de consumidores que acredita as vendas para o período serão negativas.

A pesquisa aponta ainda que para 31,25%, o gasto médio dos consumidores da cidade com o presente do Dia das Mães vai variar entre R$ 51 e R$ 100. Para 25%, o valor médio dos gastos deve girar entre R$ 100 e R$ 150. Há também 25% que acredite que o valor dispensado ao presente das mães vai variar entre R$ 151 e R$ 200. Os mais otimistas (6,25%) consideram que este gasto supere R$ 200.

A pesquisa detectou ainda que, entre os itens que devem liderar as vendas, o vestuário aparece em primeiro lugar com 31,2%. Calçados e cosméticos vêm empatados em segundo lugar com 18,75%. A presidente da CDL de Balneário Camboriú, Eliane Colla, explica que a expectativa de aumento das vendas para o Dia das Mães é um reflexo também da confiança do empresariado com a retomada da economia e a política de preços praticados pelos lojistas, que permitiu fazer algumas ofertas.

Procon dá dicas

Pensando no aumento das vendas, o Fundo Municipal de Defesa dos Direitos do Consumidor de Balneário (Procon/BC) divulgou dicas e orientações que valem ser analisadas na hora da compra dos presentes para as mães. Por exemplo, quem optar por fazer compra online deve redobrar a atenção, já que é comum sites falsos aparecerem com promoções com preços muito abaixo do mercado.

O ideal é comprar em sites mais conhecidos e que apresentem CNPJ e identificação ou pesquisar bem sobre o vendedor. Vale lembrar, também, que o Código de Defesa do Consumidor permite a desistência da compra virtual, independente do motivo, no prazo de sete dias da contratação ou do recebimento do produto. O consumidor tem direito de receber o valor integral pago pelo produto. Nas lojas físicas a desistência não é contemplada, já que o consumidor pôde ver e manusear o produto. Há normalmente a opção de troca, principalmente em casos de roupas e calçados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade