Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Caos Filosófico: evento acontece neste sábado e pretende discutir a corrupção

Sexta, 14/6/2019 11:03.

O evento Caos Filosófico, que acontece neste sábado (15) às 17h, no Beco Bar Y Parrilla, em Balneário Camboriú, pretende discutir com o público as principais psicopatologias vivenciadas no Brasil, como o machismo, a violência, o racismo e a corrupção.

O responsável pelo encontro é o professor Paulo Ferrareze Filho, doutor em Direito pela UFSC, que organiza debates filosóficos desde 2012 na cidade.

Antes o projeto se chamava Café Filosófico, mas foi rebatizado e agora é Caos Filosófico. Na edição deste sábado une-se a Paulo a também professora e doutora em Ciências Jurídicas, Thais Vandresen.

Paulo salienta que o objetivo será discutir com o público interessado as psicopatologias sociais do Brasil e dos brasileiros.

“Com esse horizonte, diagnosticamos caoticamente as oito psicopatologias sociais mais ‘nervosas’ no Brasil: machismo, violência, autoritarismo, racismo, corrupção, consumismo, normalidade e maniqueísmo”, diz.

O enfoque essa edição será principalmente a corrupção.

Os outros temas serão abordados com mais profundidade durante os encontros que acontecerão ao longo do ano.

Ingressos no local: R$ 20,00. Mais informações: 9.9190-0072. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Caos Filosófico: evento acontece neste sábado e pretende discutir a corrupção

Publicidade

Sexta, 14/6/2019 11:03.

O evento Caos Filosófico, que acontece neste sábado (15) às 17h, no Beco Bar Y Parrilla, em Balneário Camboriú, pretende discutir com o público as principais psicopatologias vivenciadas no Brasil, como o machismo, a violência, o racismo e a corrupção.

O responsável pelo encontro é o professor Paulo Ferrareze Filho, doutor em Direito pela UFSC, que organiza debates filosóficos desde 2012 na cidade.

Antes o projeto se chamava Café Filosófico, mas foi rebatizado e agora é Caos Filosófico. Na edição deste sábado une-se a Paulo a também professora e doutora em Ciências Jurídicas, Thais Vandresen.

Paulo salienta que o objetivo será discutir com o público interessado as psicopatologias sociais do Brasil e dos brasileiros.

“Com esse horizonte, diagnosticamos caoticamente as oito psicopatologias sociais mais ‘nervosas’ no Brasil: machismo, violência, autoritarismo, racismo, corrupção, consumismo, normalidade e maniqueísmo”, diz.

O enfoque essa edição será principalmente a corrupção.

Os outros temas serão abordados com mais profundidade durante os encontros que acontecerão ao longo do ano.

Ingressos no local: R$ 20,00. Mais informações: 9.9190-0072. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade