Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Trinta moradores de rua trabalham na colheita de maçãs
Divulgação

Sexta, 22/2/2019 15:21.

Duas equipes de 30 moradores de rua de Balneário Camboriú estão trabalhando na colheita de maçãs em Urubici. A primeira com 14 homens já está há duas semanas no sítio e a segunda viajou na quarta-feira ((20) e está em fase de adaptação.

Os donos da empresa que terceiriza o serviço de colheita de cebolas e maçãs em fazendas, Taiana e Emílio de Freitas, disseram ao Página3 que é uma oportunidade de trabalho e que a maioria se adapta bem.

“É um trabalho na lavoura. Nesta época é a colheita da maçã. Quando esta acaba começa a colheita da cebola. Quando chegam, nós ensinamos, em dois, três dias eles pegam jeito. Todos ficam em alojamentos e recebem quatro refeições por dia, a única despesa é uma taxa de R$ 30,00 para ajudar na conta da luz”, disse Taiana.

Cada caixa de maçã rende R$ 20,00 para quem colheu. “Eles trabalham por produção, quanto mais caixas encher, mais ele ganha”, disse Taiana.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello disse que além destes 30 que estão na colheita de maçãs, outros cinco foram encaminhados para trabalhar em uma olaria, em Tijucas.

A iniciativa faz parte da campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156”, lançada pela secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, que sugere que melhor do que dar esmola é oferecer uma chance de trabalho.

“O Resgate Social recolhe essas pessoas das ruas, prepara e oferece a oportunidade. Estamos buscando parcerias para pessoas em situação de rua reiniciar no mercado de trabalho”, disse Christina.

O contrato tem duração de quatro meses com a possibilidade de prorrogação de acordo com a necessidade da empresa.

A campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156” já registrou mais de quatro mil acolhimentos em três meses.

Informações: Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3363-2745

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Trinta moradores de rua trabalham na colheita de maçãs

Divulgação

Publicidade

Sexta, 22/2/2019 15:21.

Duas equipes de 30 moradores de rua de Balneário Camboriú estão trabalhando na colheita de maçãs em Urubici. A primeira com 14 homens já está há duas semanas no sítio e a segunda viajou na quarta-feira ((20) e está em fase de adaptação.

Os donos da empresa que terceiriza o serviço de colheita de cebolas e maçãs em fazendas, Taiana e Emílio de Freitas, disseram ao Página3 que é uma oportunidade de trabalho e que a maioria se adapta bem.

“É um trabalho na lavoura. Nesta época é a colheita da maçã. Quando esta acaba começa a colheita da cebola. Quando chegam, nós ensinamos, em dois, três dias eles pegam jeito. Todos ficam em alojamentos e recebem quatro refeições por dia, a única despesa é uma taxa de R$ 30,00 para ajudar na conta da luz”, disse Taiana.

Cada caixa de maçã rende R$ 20,00 para quem colheu. “Eles trabalham por produção, quanto mais caixas encher, mais ele ganha”, disse Taiana.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello disse que além destes 30 que estão na colheita de maçãs, outros cinco foram encaminhados para trabalhar em uma olaria, em Tijucas.

A iniciativa faz parte da campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156”, lançada pela secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, que sugere que melhor do que dar esmola é oferecer uma chance de trabalho.

“O Resgate Social recolhe essas pessoas das ruas, prepara e oferece a oportunidade. Estamos buscando parcerias para pessoas em situação de rua reiniciar no mercado de trabalho”, disse Christina.

O contrato tem duração de quatro meses com a possibilidade de prorrogação de acordo com a necessidade da empresa.

A campanha “Dar esmola mantém ele na rua. Dê oportunidade: Ligue 156” já registrou mais de quatro mil acolhimentos em três meses.

Informações: Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3363-2745

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade