Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Vereador sugere implantar creche do idoso na cidade

Quarta, 4/12/2019 18:37.
Divulgação

Publicidade

O vereador Marcelo Achutti fez uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira sugerindo a implantação de um Centro do Idoso no município, que funcionaria como uma espécie de creche.

A Creche do Idoso atenderia durante o dia, porque muitos idosos que moram com ou perto dos seus familiares, muitas vezes passam o dia sozinhos, porque seus familiares saem para trabalhar e, em muitos casos, não possuem condições financeiras para pagar um cuidador.

Durante o dia o idoso estaria acompanhado de outras pessoas da sua idade, para conversar, poderia fazer uma terapia ocupacional, atividades educativas, recreativas, esportivas, culturais, além de estimular a independência funcional.

Também receberia cuidados como alimentação adequada, medicação na hora certa e sobretudo, atenção.

“Balneário Camboriú é uma cidade de idosos. Há uma estimativa que um terço dos moradores de BC sejam idosos, pelo censo nacional representa algo próximo de 35 mil maiores de 60 anos. Um local de convivência seria também uma medida de segurança para o idoso e para suas famílias”, disse o vereador.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Vereador sugere implantar creche do idoso na cidade

Publicidade

Quarta, 4/12/2019 18:37.

O vereador Marcelo Achutti fez uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira sugerindo a implantação de um Centro do Idoso no município, que funcionaria como uma espécie de creche.

A Creche do Idoso atenderia durante o dia, porque muitos idosos que moram com ou perto dos seus familiares, muitas vezes passam o dia sozinhos, porque seus familiares saem para trabalhar e, em muitos casos, não possuem condições financeiras para pagar um cuidador.

Durante o dia o idoso estaria acompanhado de outras pessoas da sua idade, para conversar, poderia fazer uma terapia ocupacional, atividades educativas, recreativas, esportivas, culturais, além de estimular a independência funcional.

Também receberia cuidados como alimentação adequada, medicação na hora certa e sobretudo, atenção.

“Balneário Camboriú é uma cidade de idosos. Há uma estimativa que um terço dos moradores de BC sejam idosos, pelo censo nacional representa algo próximo de 35 mil maiores de 60 anos. Um local de convivência seria também uma medida de segurança para o idoso e para suas famílias”, disse o vereador.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade