Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Cristo Vive em Nós: procissão e encenação da Paixão sexta no Cristo Luz
Divulgação

Quarta, 17/4/2019 12:47.

Seguindo a tradição de 22 anos, o Cristo Luz, em parceria com a Cia Tablado das Artes e Paróquia São Sebastião realiza na Sexta-feira Santa (19) a procissão guiada pelo padre Pedro Daboit e encenação da Vida, Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. A concentração é às 18h, no viaduto da rua Indonésia, em frente à Igreja Luterana Martin Luther. A organização pede que quem for leve a sua vela.

A diretora do complexo turístico Cristo Luz, Rosane Pretto, explica que o momento é esperado e planejado sempre lembrando a importância desta data para os cristãos.

“Cada um vive sua experiência de fé, é um momento único para os peregrinos. O mundo está vivendo situações conturbadas e precisamos ser agentes transformadores”, salienta.

A expectativa é que mais de cinco mil fiéis participem do evento, que é gratuito e aberto ao público.

O Cristo Luz realiza o evento há 22 anos, mas no molde atual em parceria com a comunidade São Sebastião e com apoio da prefeitura, há 10.

“Tudo começou com o senhor Minella e com o Carlinhos Rosa, inicialmente fazíamos a procissão na parte da manhã, mas com o passar dos anos resolvemos fazer à noite. Por isso, pedimos que quem for leve a sua vela, simbolizando que cada um é uma chama viva e que Cristo brilha em todos nós”, diz Rosane.

No último ano choveu e a procissão não aconteceu e o teatro foi encenado na área coberta do Cristo Luz. Porém, a previsão do tempo para essa sexta-feira é de tempo firme.

40 atores participam da encenação, entre profissionais e moradores da região – principalmente a comunidade São Francisco, da paróquia São Sebastião. Serão encenadas as 15 estações da Via Crúcis.

“Esperamos que o público participe e venha viver esse momento tão importante. É a hora de lembrarmos que Cristo venceu a morte e nos deixou um grande legado. Ele é o centro da vida e ressuscitou”, completa.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Cristo Vive em Nós: procissão e encenação da Paixão sexta no Cristo Luz

Divulgação

Publicidade

Quarta, 17/4/2019 12:47.

Seguindo a tradição de 22 anos, o Cristo Luz, em parceria com a Cia Tablado das Artes e Paróquia São Sebastião realiza na Sexta-feira Santa (19) a procissão guiada pelo padre Pedro Daboit e encenação da Vida, Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. A concentração é às 18h, no viaduto da rua Indonésia, em frente à Igreja Luterana Martin Luther. A organização pede que quem for leve a sua vela.

A diretora do complexo turístico Cristo Luz, Rosane Pretto, explica que o momento é esperado e planejado sempre lembrando a importância desta data para os cristãos.

“Cada um vive sua experiência de fé, é um momento único para os peregrinos. O mundo está vivendo situações conturbadas e precisamos ser agentes transformadores”, salienta.

A expectativa é que mais de cinco mil fiéis participem do evento, que é gratuito e aberto ao público.

O Cristo Luz realiza o evento há 22 anos, mas no molde atual em parceria com a comunidade São Sebastião e com apoio da prefeitura, há 10.

“Tudo começou com o senhor Minella e com o Carlinhos Rosa, inicialmente fazíamos a procissão na parte da manhã, mas com o passar dos anos resolvemos fazer à noite. Por isso, pedimos que quem for leve a sua vela, simbolizando que cada um é uma chama viva e que Cristo brilha em todos nós”, diz Rosane.

No último ano choveu e a procissão não aconteceu e o teatro foi encenado na área coberta do Cristo Luz. Porém, a previsão do tempo para essa sexta-feira é de tempo firme.

40 atores participam da encenação, entre profissionais e moradores da região – principalmente a comunidade São Francisco, da paróquia São Sebastião. Serão encenadas as 15 estações da Via Crúcis.

“Esperamos que o público participe e venha viver esse momento tão importante. É a hora de lembrarmos que Cristo venceu a morte e nos deixou um grande legado. Ele é o centro da vida e ressuscitou”, completa.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade