Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Bombeiro socorre incêndio em dia de folga

Quinta, 4/1/2018 15:27.
Divulgação.

Publicidade

“É bom começar o ano quando a gente consegue fazer um pouco mais com um pouco menos”. Assim o bombeiro Walter José de Borba Netto, da corporação local, descreveu sua experiência no segundo dia do ano, quando estava em recesso, assistindo um filme e precisou atender uma emergência perto da sua casa. Por volta das 18h30, começou um incêndio em uma casa aparentemente abandonada na Rua 3130.

“Minha esposa viu a fumaça, eu corri, fui pegando as mangueiras do prédio vizinho a partir do hidrante de recalque, que nos garantiu pressão para o combate e em cinco minutos a guarnição chegou. A Guarda Municipal também chegou imediatamente com três agentes do GOPE e desta forma evitamos que mais três casas ao fundo daquela pegassem fogo”, contou Walter.

A polícia ainda está investigando a causa do incêndio. Da casa sobrou pouco.

Walter elogiou o equipamentos de combate a incêndio instalados nos prédios. Até chegar o socorro ele utilizou seis lances de mangueira do prédio vizinho e o hidrante do primeiro pavimento tinha uma pressão muito forte (altura manométrica).

“Isso foi muito importante nesse trabalho”, emendou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação.

Bombeiro socorre incêndio em dia de folga

Publicidade

Quinta, 4/1/2018 15:27.

“É bom começar o ano quando a gente consegue fazer um pouco mais com um pouco menos”. Assim o bombeiro Walter José de Borba Netto, da corporação local, descreveu sua experiência no segundo dia do ano, quando estava em recesso, assistindo um filme e precisou atender uma emergência perto da sua casa. Por volta das 18h30, começou um incêndio em uma casa aparentemente abandonada na Rua 3130.

“Minha esposa viu a fumaça, eu corri, fui pegando as mangueiras do prédio vizinho a partir do hidrante de recalque, que nos garantiu pressão para o combate e em cinco minutos a guarnição chegou. A Guarda Municipal também chegou imediatamente com três agentes do GOPE e desta forma evitamos que mais três casas ao fundo daquela pegassem fogo”, contou Walter.

A polícia ainda está investigando a causa do incêndio. Da casa sobrou pouco.

Walter elogiou o equipamentos de combate a incêndio instalados nos prédios. Até chegar o socorro ele utilizou seis lances de mangueira do prédio vizinho e o hidrante do primeiro pavimento tinha uma pressão muito forte (altura manométrica).

“Isso foi muito importante nesse trabalho”, emendou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade