Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Apple estuda produzir séries e filmes próprios como o Netflix

Sexta, 13/1/2017 15:00.

(FOLHAPRESS) - A Apple estuda produzir séries e filmes próprios, a exemplo do Netflix, e disponibilizá-los inicialmente para assinantes do serviço de streaming Apple Music, afirma o jornal "The Wall Street Journal" em reportagem publicada nesta quinta-feira (12).

A empresa já estaria em contato com produtores, diretores e roteiristas de filmes e séries para adquirir os direitos de exibição do conteúdo. Segundo o jornal, a ideia seria lançar a programação original no final deste ano.

A decisão indica que a Apple está se movimentando no sentido de se tornar uma empresa de mídia, além de um gigante da tecnologia. Ainda não está claro se a companhia vai distribuir o conteúdo através da Apple TV.

A notícia surge em um contexto em que as vendas dos principais produtos da Apple estão desacelerando. O iPhone 6S, lançado em setembro de 2015, não teve a demanda esperada, e a concorrência no mercado está ficando mais pesada, após o Google lançar o Pixel, primeiro smartphone feito pela empresa.

Além disso, a competição tem afetado a própria Apple Music. Seu principal concorrente, o Spotify, tem uma grande liderança em assinantes pagos.

Representantes da Apple não foram encontrados pelo jornal para comentar a notícia. 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Apple estuda produzir séries e filmes próprios como o Netflix

Sexta, 13/1/2017 15:00.

(FOLHAPRESS) - A Apple estuda produzir séries e filmes próprios, a exemplo do Netflix, e disponibilizá-los inicialmente para assinantes do serviço de streaming Apple Music, afirma o jornal "The Wall Street Journal" em reportagem publicada nesta quinta-feira (12).

A empresa já estaria em contato com produtores, diretores e roteiristas de filmes e séries para adquirir os direitos de exibição do conteúdo. Segundo o jornal, a ideia seria lançar a programação original no final deste ano.

A decisão indica que a Apple está se movimentando no sentido de se tornar uma empresa de mídia, além de um gigante da tecnologia. Ainda não está claro se a companhia vai distribuir o conteúdo através da Apple TV.

A notícia surge em um contexto em que as vendas dos principais produtos da Apple estão desacelerando. O iPhone 6S, lançado em setembro de 2015, não teve a demanda esperada, e a concorrência no mercado está ficando mais pesada, após o Google lançar o Pixel, primeiro smartphone feito pela empresa.

Além disso, a competição tem afetado a própria Apple Music. Seu principal concorrente, o Spotify, tem uma grande liderança em assinantes pagos.

Representantes da Apple não foram encontrados pelo jornal para comentar a notícia. 

 

Publicidade

Publicidade