Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Prefeitura cancelou o Censo do Idoso
EBC.
Censo para ter um diagnóstico e propor ações.

Quinta, 12/1/2017 7:26.

A diretora geral da secretaria do Idoso Christina Barrichelo comunicou o cancelamento do Censo, que pretendia formular um cadastro de informações sobre as pessoas da Terceira Idade que vivem em Balneário.

Havia uma empresa contratada para fazer o serviço, que nunca saiu do papel. Por isso, em dezembro a prefeitura decidiu fazer uma espécie de carta, que era um pedido de informações e anexou aos carnês de IPTU.

“Até agora ninguém respondeu, até porque verificamos que o telefone de retorno saiu errado”, disse Christina. Quem recebeu, deve desconsiderar o documento.

Christina informou que o prefeito Fabrício Oliveira quer ações e políticas públicas integradas com todas as secretarias, especialmente as de Saúde, Esportes e Cultura. “O Censo faz parte dos planos, é necessário, porque vai nos dar um panorama geral de quantos idosos vivem em nossa cidade e como vivem”, declarou dizendo no entanto que é uma ação a médio prazo e que precisa ser bem estruturada e planejada.

Enquanto isso, em reunião realizada esta semana, foi firmada parceria com a secretaria da Saúde, para fazer um acompanhamento dos idosos que lá estão cadastrados. “Muitas vezes nem é problema de saúde. Temos um exemplo de uma senhora com 89 anos cujo filho está desempregado, que estava passando fome”, contou. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Prefeitura cancelou o Censo do Idoso

EBC.
Censo para ter um diagnóstico e propor ações.
Censo para ter um diagnóstico e propor ações.
Quinta, 12/1/2017 7:26.

A diretora geral da secretaria do Idoso Christina Barrichelo comunicou o cancelamento do Censo, que pretendia formular um cadastro de informações sobre as pessoas da Terceira Idade que vivem em Balneário.

Havia uma empresa contratada para fazer o serviço, que nunca saiu do papel. Por isso, em dezembro a prefeitura decidiu fazer uma espécie de carta, que era um pedido de informações e anexou aos carnês de IPTU.

“Até agora ninguém respondeu, até porque verificamos que o telefone de retorno saiu errado”, disse Christina. Quem recebeu, deve desconsiderar o documento.

Christina informou que o prefeito Fabrício Oliveira quer ações e políticas públicas integradas com todas as secretarias, especialmente as de Saúde, Esportes e Cultura. “O Censo faz parte dos planos, é necessário, porque vai nos dar um panorama geral de quantos idosos vivem em nossa cidade e como vivem”, declarou dizendo no entanto que é uma ação a médio prazo e que precisa ser bem estruturada e planejada.

Enquanto isso, em reunião realizada esta semana, foi firmada parceria com a secretaria da Saúde, para fazer um acompanhamento dos idosos que lá estão cadastrados. “Muitas vezes nem é problema de saúde. Temos um exemplo de uma senhora com 89 anos cujo filho está desempregado, que estava passando fome”, contou. 

Publicidade

Publicidade