Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fornecedor da Câmara devolve R$ 60 mil indevidamente recebidos

Sexta, 17/2/2017 16:05.

A empresa Cesc Edificações e Construções Ltda. devolveu há dois dias para a Câmara de Vereadores R$ 59.685,75 recebidos indevidamente.

Essa empresa faturou R$ 316 mil na Câmara de Vereadores no ano passado, com reformas.

O que despertou a atenção da nova direção do legislativo foram conversas de corredor que insinuavam cobrança por serviços não executados.

Por isso o presidente Roberto Souza Jr. pediu ajuda ao Observatório Social que enviou um engenheiro para executar medições e constatar que foram efetuados, na gestão do presidente anterior, Nilson Probst, pagamentos irregulares.

Agora será aberta sindicância para esclarecer esses cerca de 20% pagos indevidamente.

A Cesc Edificações e Construções Ltda. se deu bem com o grupo político que governou a cidade até 2016, na prefeitura faturou mais de R$ 5 milhões nos últimos anos.

Outros serviços na Câmara, como a troca do telhado -o que não impediu que continuasse chovendo dentro- estão sob desconfiança.

Este serviço não foi executado pela Cesc e sim pela Ramsés Engenharia.

É provável que seja contratada uma auditoria especializada para examinar o assunto.

Não foi possível contato com a direção da Cesc Edificações e Construções Ltda. No número fornecido por seu contador (Contabilidade Pioneira) não atenderam nenhum dos vários telefonemas feitos pela reportagem.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

ATUALIZADO às 7h de 15/12/2018.


Cidade

Balneário Camboriú passa a ser a cidade brasileira com mais bandeiras azuis


Justiça

Ele considera ilegal a lei municipal que permitiu o empreendimento 


Rapidinhas


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fornecedor da Câmara devolve R$ 60 mil indevidamente recebidos

Sexta, 17/2/2017 16:05.

A empresa Cesc Edificações e Construções Ltda. devolveu há dois dias para a Câmara de Vereadores R$ 59.685,75 recebidos indevidamente.

Essa empresa faturou R$ 316 mil na Câmara de Vereadores no ano passado, com reformas.

O que despertou a atenção da nova direção do legislativo foram conversas de corredor que insinuavam cobrança por serviços não executados.

Por isso o presidente Roberto Souza Jr. pediu ajuda ao Observatório Social que enviou um engenheiro para executar medições e constatar que foram efetuados, na gestão do presidente anterior, Nilson Probst, pagamentos irregulares.

Agora será aberta sindicância para esclarecer esses cerca de 20% pagos indevidamente.

A Cesc Edificações e Construções Ltda. se deu bem com o grupo político que governou a cidade até 2016, na prefeitura faturou mais de R$ 5 milhões nos últimos anos.

Outros serviços na Câmara, como a troca do telhado -o que não impediu que continuasse chovendo dentro- estão sob desconfiança.

Este serviço não foi executado pela Cesc e sim pela Ramsés Engenharia.

É provável que seja contratada uma auditoria especializada para examinar o assunto.

Não foi possível contato com a direção da Cesc Edificações e Construções Ltda. No número fornecido por seu contador (Contabilidade Pioneira) não atenderam nenhum dos vários telefonemas feitos pela reportagem.
 

Publicidade

Publicidade